sábado, 31 de março de 2012

Manchester City fica no empate com o Sunderland

O Manchester City quase perdeu a invencibilidade no Etihad Stadium jogando contra o Sunderland, na 31ª rodada da Premier League. Embora os Blues mantivessem a posse de bola a seu favor, o Sunderland criava mais oportunidades para finalizações. O placar só marcou empate nos últimos 10 minutos da partida, mantendo os citizens apreensivos até o final. Com o resultado de 3 a 3, os Blues podem ter se afastado do título dessa temporada.

Nos primeiros minutos foi possível ter uma prévia do que seria a partida. O Sunderland se apresentava mais estruturado e focado em abrir o placar, enquanto o City conseguia contra-atacar de maneira fraca e sem apresentar ameaça. Antes de 10 minutos da partida os visitantes conseguiam causar aflição tanto na defesa como na torcida dos Blues.

O Sunderland abriu o placar aos 30 minutos com gol de Larsson. O sueco estava bem posicionado, livre de marcação e chutou para o canto esquerdo. O empate veio 12 minutos depois. Durante o ataque, Dzeko foi derrubado dentro da área. Balotelli cobrou o pênalti a favor do City e marcou ao chutar no canto.

Os Black Cats aproveitaram os 3 minutos de acréscimo e marcaram o segundo gol. Stephane Sessègnon cruzou para Bendtner, que fez de cabeça, sem dar chance para a defesa de Hart.

Na volta do segundo tempo, Micah Richards foi substituído por Adam Johnson.

Aos 54 minutos, os Lads ampliaram ao marcar o terceiro. A defesa do City não conseguiu segurar o ataque. Yaya Touré não alcançou Larsson que marcou fácil seu segundo gol na partida.

David Silva, que mal apareceu no jogo, saiu para Tevez entrar, aos 58 minutos.

Com a diferença de dois gols o Manchester City se mostra ainda mais desorganizado com a pressão de não querer perder em casa. Aos 64 minutos Balotelli se exaltou porque Kolarov queria cobrar a falta a favor dos Blues. Quatro minutos depois, Tevez disparou sozinho para tentar marcar.

Na última substituição, Pizarro entrou no lugar de Milner aos 80 minutos.

A diferença no placar diminuiu com o gol fácil de Balotelli aos 85 minutos. Kolarov chutou de longe e conseguiu o empate 1 minuto depois do italiano marcar. Os 4 minutos de acréscimos não foram o suficiente para sair do 3 a 3. Mesmo os dois times ganhando um forte impulso nos minutos finais, o placar não foi alterado.

A conquista de somente 1 ponto no jogo de hoje pode ter complicado ainda mais a tabela dos Blues. Que os 7 jogos que faltam da Premier League sejam disputados com a garra que era vista no início do campeonato.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Manchester City x Sunderland - Preview


        



     Barclays Premier League – Rodada 31
           Manchester City x Sunderland
    Local: Etihad Stadium
    Horário: 11:00 am (Brasilia)
      Transmissão: ESPN
 Arbitro: P. Dowd


Últimos cinco jogos:

Sunderland  1 x Man City 0
Man City 5 x Sunderland 0
Sunderland 1  x Man City 0
Sunderland 1 x Man City 1
Man City  4 x Sunderland 3

Histórico do confronto:

Jogos em casa:
Man City: 39 vitórias  
Sunderland: 11 vitórias
Empate: 9 jogos

Depois de empatar com o Stoke, e deixar o United abrir 3 pontos de vantagem, o City enfrenta o Sunderland, que se encontra na oitava posição da tabela.

Kompany pode voltar ao time depois de ficar fora dos últimos jogos, já Aguero não se recuperou da lesão e não joga.

Já o Sunderland é desfalacado por Bridge, que está no Sunderland por um empréstimo do próprio City. John Oshea também não joga pois continua com uma lesão na coxa.

Esse pode ser o jogo que Tevez pode se redimir com a torcida pois, Dzeko não marca gol faz 6 jogos, Silva está jogando mal ultimamente provavelmente por estar fadigado, e Yaya vem jogando mais recuado, para ajudar na defesa desfalcada de Manchester. Por isso Carlos tem a oportunidade de mostrar o que sabe.

Prováveis escalações:

Man City: Hart, Richard, K Toure, Kompany, Clichy, Milner, Y Toure, Barry, Silva, Nasri, Balotelli

Sunderland: Mignolet, Bardsley, Turner, Kyrgiakos, Colback, Larsson, Cattermole, Gardner, McClean, Sessegnon, Bendtner.

Curiosidades:

*Não há um empate sem gols entre esses dois times  na liga, desde 1938.

*O City venceu 11 de seus 15 encontros na Premier League contra o Sunderland, mas venceu apenas um dos últimos quatro.

*O time de Mancini marcou 28 de seus últimos 33 gols, em casa.



quinta-feira, 29 de março de 2012

Dzeko pode deixar o City no fim da temporada


O futuro de Edin Dzeko segue indefinido no Manchester City. O bósnio foi contratado junto ao Wolfsburg por £27 milhões para ser o homem gol do City, mas, apesar dos bons números, Edin não é a unanimidade que todos esperavam.

Dzeko chegou na temporada passada e não teve um bom desempenho. Na temporada atual, o bósnio melhorou muito seu desempenho, sendo inclusive o vice-artilheiro do clube na temporada, com 18 gols. Mas as atuações de Dzeko não vêm agradando a Mancini, que tem colocado o atacante no banco. Com um mercado forte na Europa, o camisa 10 do City não pretende esquentar banco, ainda mais agora com a volta de Tevez, além de Balotelli e Aguero, que vivem melhor fase.

Segundo os jornais ingleses, clubes como Real Madrid, Juventus, Wolfsburg, Tottenham e Arsenal manifestaram interesse no jogador. Se realmente sair do City, é improvável que ele vá para um clube da Inglaterra, pelo seu alto salário.

O City por sua vez pode tentar fazer caixa com a venda de Dzeko, sendo que ainda temos dois bons atacantes emprestados: Emmanuel Adebayor ao Tottenham e o jovem Guidetti, ao Feyenoord. Adebayor não deve continuar no City, ao fim do empréstimo ao Tottenham deve ser negociado em definitivo ou emprestado novamente, e o jovem Guidetti vem se destacando muito na holanda pelo Feyenoord, tem sido um dos principais jogadores do campeonato holandês e chamado atenção de clubes como Inter de Milão e Bayern de Munique. Guidetti deve voltar na próxima temporada e ser mais aproveitado. Na próxima temporada Mancini deve procurar outro atacante caso Dzeko e Tevez realmente saiam do City.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Kompany e Aguero devem voltar na próxima rodada


A segunda-feira não foi um dia muito agradável para os torcedores do City. O United venceu o Fulham em casa por 1-0 e disparou na liderança, abrindo 3 pontos de vantagem. Mas uma boa notícia ao menos para tranquilizar os torcedores, uma ótima notícia eu diria. Kompany e Aguero voltam na próxima rodada, contra o Sunderland no Etihad Stadium no sábado. Mas Lescott ainda deve ficar de fora.

Nosso capitão fez muita falta, pois além de Kompany também perdemos Lescott, nossa dupla de zaga titular por lesão. No banco uma boa opção - Kolo Toure - e uma opção fraca - Savic. Mas Mancini fez o certo e o que todos queriam, colocou Micah Richards na zaga e Zabaleta na direita. Vale lembrar que Micah começou no City como zagueiro, na temporada 2007/2008 foi um dos grandes destaques do clube ao lado de Dunne. Mas o problema é que resolvemos a zaga, com uma zaga forte e que passa confiança com Richards e Toure, mas perdemos uma grande jogada pelo lado direito. Nosso lateral-direita Micah Richards vem sendo um dos grandes destaques da temporada e sua jogada ofensiva pelo lado direito é uma arma muito poderosa do City, coisa que Zabaleta infelizmente não faz com a mesma capacidade. Zaba é um bom jogador, polivalente, mas não tem a mesma qualidade que o inglês. Mas na próxima rodada esse problema será resolvido. Zaga com Kompany e Kolo Toure e Micah Richards na lateral-direita.

Sergio Aguero desfalcou o City na última rodada, no empate com o Stoke City por 1-1. Também volta na próxima rodada. Aguero é o artilheiro do City na temporada e seus números no Etihad são impressionantes.

O jogo é teoricamente fácil, mas não podemos nem pensar em perder ponto. Estamos 100% em casa na Premier League e precisamos dessa vitória pois na outra rodada é Arsenal fora de casa. O Manchester United vai visitar o Blackburn. Estamos 3 pontos atrás mas nos critérios de desempate somos superiores, portanto uma derrota lá e uma vitória aqui, a liderança volta pro City.

Todos os jogos serão decisões, batalhas, retranca, mas nosso time tem muita qualidade. Precisamos muito que o Silva volte a jogar o futebol que jogou no primeiro turno, nos últimos jogos o espanhol caiu de rendimento e o time caiu junto. Ele é o cérebro do time. Mas no Etihad somos fortes e Silva tem tudo para voltar a jogar seu grande futebol e readquirir a confiança necessária.

sábado, 24 de março de 2012

Stoke e City ficam no empate

A partida entre Stoke City e Manchester City pela 30ª rodada da Premier League terminou empatada em 1 x 1 no Brittania Stadium. No momento o City divide a liderança da competição com o United, que fará sua partida pela rodada na segunda-feira contra o Fulham.


O jogo começou com o City sofrendo forte marcação por parte da equipe do técnico Tony Pulis. Nos primeiros 2 minutos de jogo, Nasri bateu uma falta que Dzeko mandou pra fora ao tentar marcar de cabeça. Ele perdeu pelo menos mais duas chances como essa no primeiro tempo.

O Stoke ofereceu o primeiro perigo aos 8 minutos em um cruzamento pela esquerda defendido por Hart. Depois disso, o City passou a buscar o caminho do gol definindo mais as jogas que o
adversário. Aos 24 minutos, uma disputa violenta de bola de Whitehead em David Silva mudou
a característica do jogo. O sempre polêmico árbitro Howard Webb não aplicou cartão amarelo e perdeu o controle das faltas dos dois lados. O espanhol ficou sangrando e precisou ser atendido.

Com o City controlando mais o jogo, o Stoke precisou formar um paredão na área para impedir o ataque. Aos 40 minutos, uma cobrança de escanteio para a equipe do Stoke quase abriu o placar, não fosse pela defesa espetacular de Zabaleta que tirou a bola praticamente em cima da linha. Antes de encerrar o primeiro tempo, Balotelli ainda perdeu uma chance ao fugir de três marcadores e chutar fraco para a defesa do goleiro.


Nos primeiros minutos do segundo tempo, Dzeko recebeu a bola em posição legal, mas não conseguiu finalizar com precisão. Depois foi a vez de Nasri arriscar de fora, mas com o goleiro ficou com ela. O Stoke continuou apostando na marcação, descendo no contrataque e usando e
abusando das cotoveladas desnecessárias nas disputadas individuais.

Aos 58 minutos, o goleiro Begovic repôs a bola no campo de ataque, Whelan recebeu e tocou para Peter Crouch que chutou de fora da área. O grandalhão abriu o placar para o Stoke com um golaço, quase sem querer. Com a vantagem do Stoke, os citizens precisaram aumentar a pressão para buscar o empate. David Silva saiu aos 61 minutos e deu lugar a Adam Johnson e Tevez entrou no lugar de Barry aos 73. Para enfrentar a defesa fechada do Stoke o jeito era arriscar os chutes de fora da área. E foi assim que Yaya Toure empatou para o City. Aos 75 minutos ele chutou, a bola desviou no zagueiro, enganou Begovic e bateu no fundo da rede.

A equipe de Manchetser foi toda ao ataque para buscar a virada do jogo e ficar com os três pontos, mas nem os 5 minutos de acréscimo foram suficientes. O time de Stoke-on-Trent estava
disposto a impedi-los de sair com uma vitória. Aos 91, Yaya ainda tentou repetir o feito, mas
a bola fez uma curva e foi pra fora.
O empate pode não ter sido o resultado esperado, mas ainda mantém o Manchester City vivo na briga pelo título. Se o United vencer na segunda-feira, a diferença ainda será de três pontos, o que pode tornar a partida de 30 de abril ainda mais interessante. Próximo desafio será no dia 31 de março contra o Sunderland na cidade de Manchester. A ordem é vencer!

sexta-feira, 23 de março de 2012

Nasri quer ver decisão no derby


Manchester Evening News

O herói da semana, Samir Nasri, quer que o United vença seus próximos seis jogos. Mas calma, não é que está torcendo pelos rivais, mas digamos que por uma maior emoção.

No caso ele também quer que o City consiga meia dúzia de vitórias, para assim fazer do dia 30 de abril, e do derby, uma grande final de campeonato.

Nasri disse: "Espero que eles vençam todos os seus jogos, e que nós ganhemos de todos os nossos, para que possamos jogar uma final no Etihad Stadium.”

"Tenho certeza de que podemos vencer os últimos nove jogos. É tão simples. E se fizermos isso, seremos campeões.”

"Vai ser mais interessante para todos se cada um vencer todos os seus jogos. Eu sei que o United vai estar na briga até o final - eles têm a experiência e um treinador que ganhou tudo por 25 anos.”

"Mesmo se eu falasse que espero que perdam, às vezes você tem que ser realista, e eu não acho que eles vão perder muitos jogos", disse.

"Em primeiro lugar, porque não tem jogos muito difíceis e em segundo lugar, porque eles têm experiência com a situação."

Os Blues vão recuperar o primeiro lugar se vencerem o Stoke amanhã, o United só joga contra o Fulham na noite de segunda-feira, podendo reassumir a posição em caso de resultado positivo.

O francês também respondeu aos criticos da equipe:

"Haverá sempre alguém para criticar", disse Nasri.

"Nem todos podem gostar do City. Mas dentro do clube, acreditamos que podemos conseguir algo juntos ".



Stoke City x Manchester City-Preview


Barclays Premier League-Rodada 30
Local: Brittania Stadium(Stoke-on-Trent, Inglaterra)
Data: Sábado 24/03/2012
Horário: 14:30(Brasília)
Árbitro: Howard Webb
Transmissão: ESPN Brasil

Histórico de Confrontos 

Jogos fora de casa
ManCity: 10 vitórias
Stoke: 24 vitórias
Empates: 8
ManCity marcou 39 gols e sofreu 68.

Todos os jogos
ManCity: 43 vitórias
Stoke: 35 vitórias
Empates: 21
ManCity marcou 131 gols e sofreu 114

Último jogo no Britannia Stadium
Stoke City 1x1 Manchester City-27/11/10
Gols(Richards 81', Etherington 91')

Depois da vitória épica contra o Chelsea o Manchester City terá outra batalha. Melhor dizendo todas as partidas até o final da temporada serão batalhas mas jogar no Brittannia Stadium nunca é fácil para nenhuma equipe.

O Stoke City é conhecido por jogar o famoso futebol inglês, com pegadas fortes, as vezes carrinhos desleais e muita jogada aérea. As demarcações do estádio do Stoke tem as medidas mínimas permitidas na Premier League, isso para deixar o jogo mais truncado e favorecer as cobranças longas nos laterais.

Na Europa League que o Stoke participou essa temporada por exigência da UEFA eles tiveram que aumentar as demarcações do campo, talvez seja por isso não foram tão bem na competição.

Manchester City não tem um histórico muito bom jogando em Stoke-on-Trent, mas tudo isso terá que ser deixado de lado, pois nossa matemática para ser campeões é muito simples: Temos que ganhar as 9 partidas restantes, e isso quer dizer melhorar nosso futebol nas partidas fora de casa, pois no Etihad Stadium somos imbatíveis mas fora dele não podemos dizer o mesmo.

No meio da semana Patrick Vieira disse que foi desespero do United trazer o aposentado Paul Scholes de volta. Já Alex Ferguson rebateu hoje dizendo que desespero foi o City trazer o Tevez de volta, um jogador que nunca mais ia vestir a camisa da equipe.

Essas são apenas algumas amostras de guerra verbal que hávera entre os 2 clubes até o final da temporada. Jogadores do United como Nani e Ferdinand já disseram que seria catastrófico se o City vencesse a Premier, e que a equipe está unida para que isso não aconteça.

Ferguson não deseja ver o City levantando a Barclays Premier League enquanto ele estiver comandando o United, é uma questão de honra para ele.

Hoje o título da Premier é mais importante para o United do que para o City. Como dizem os torcedores do City aqui: Para quem já esperou tantos anos por um título esperar um ano a mais não fará diferença. O título virá agora ou depois. Mas claro que se ganharmos esse ano seria mais saboroso ainda mais com a partida do dia 30 de abril no Etihad Stadium.

A boa notícia da equipe é que Vincent Kompany deve voltar a equipe, mas Joleon Lescott continua fora. Carlos Tevez continua no banco por ainda não estar bem fisicamente, o argentino consegue no momento jogar apenas 30 minutos.

Depois da má atuação contra o Chelsea sendo substituído no intervalo, Mário Balotelli deve sentar no banco dando chances a Dzeko que seria importante para defender as bolas aréas do Stoke.

Provavéis escalações:

Stoke City: Begovic, Wilkinson, Huth, Shawcross, Wilson, Shotton, Whelan, Whitehead, Etherington, Crouch, Walters.

Manchester City: Hart, Zabaleta, Richards, Kolo Toure, Clichy, Barry, Yaya Toure, Silva, Nasri, Aguero, Dzeko.

Curiosidades:

*Manchester City já marcou 27 gols fora de casa na temporada, uma gol a menos do que o Stoke marcou em toda a temporada.

*Nas últimas sete partidas o Stoke deixou de marcar gols apenas em um jogo, foi na derrota de 1x0 para o Chelsea no Stamford Bridge.

*Aguero, Silva e Nasri juntos tem 27 assistências na temporada, mas do que todo o time do Stoke.

*Manchester City ganhou apenas duas partidas das últimas sete que atuou fora de casa.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Virada épica e City está mais vivo do que nunca na briga pelo título


Com virada épica, City vence Chelsea e volta a colar no United. 

A partida foi uma das mais eletrizantes da temporada. Com uma escalação ofensiva e Tevez no banco, o time de Roberto Mancini começou indo pra cima. O Chelsea, por sua vez, só ficava atrás e saia nos contra-ataques. No primeiro tempo o City foi melhor, mas chegou poucas vezes ao gol de Cech. Silva teve uma boa chance, após passe de Zabaleta, mas não acertou o alvo.

Mario Balotelli teve a nossa melhor chance no primeiro tempo. O italiano recebeu um presente de Lampard e saiu cara a cara com Cech mas o goleiro conseguiu defender. O City continuava com mais posse, ficava no campo do adversário, mas não conseguiu penetrar a retranca.

Na primeira etapa Nasri começou muito bem, arriscando chutes, indo pra cima, buscando o jogo. Depois deu uma sumida, mas no final do primeiro tempo voltou a chamar o jogo. Era o dia do francês mostrar seu potencial.

No segundo tempo Mancini fez uma alteração que costuma fazer. Sacar um atacante e colocar um volante, pra liberar Yaya Toure. Balotelli foi o escolhido para dar lugar a Gareth Barry. Com a alteração o City ganhou mais ainda o meio de campo e o marfinense tinha mais espaço.

Aos 60 minutos veio o banho de água fria. Após escanteio, David Luiz e Barry dividiram em um lance duvidoso - para alguns falta, para outros lance de jogo -, e o brasileiro passou pro seu companheiro de zaga, Cahill - que substituía John Terry - marcar. A bola ainda desviou em Yaya, sem chances para Joe Hart.

Após o gol a torcida tentou levantar os jogadores. Mancini na mesma hora chamou Tevez. Aos 66 minutos o argentino entrou no lugar de De Jong.

Tevez não decepcionou, o argentino buscou o jogo, movimentou-se bem. E a torcida procurou deixar o argentino fazer o que sabe de melhor, apenas jogar. Sem vaias, xingamentos, pressão. Precisávamos da vitória a qualquer custo, e o City continuava tentando penetrar na retranca do Chelsea. Aos 75 minutos Mancini colocou Edin Dzeko no lugar do apagado David Silva.

O City continuava pressionando, e aos 76 ganhamos um escanteio. Após a cobrança, a bola sobrou pra Zabaleta que tentou o chute, que bateu na mão de Essien. Penalty pro City. Na cobrança, Sergio Aguero empatou. 1-1. Com a euforia do gol de empate, o City cresceu muito na partida

Aos 86 veio a glória da partida. Após tabela entre Tevez e Nasri, Tevez deu um lindo passe para o francês, que na saída de Cech marcou com categoria. Um dos gols mais comemorados pela torcida nos últimos anos. E um gol muito merecido. Nasri foi o melhor em campo e foi coroado com o gol da vitória. Mancini ainda nos proporcionou um momento raro, o italiano ainda fez uma dancinha na hora do gol sensacional.

No apito final os jogadores, comissão técnica e os torcedores comemoraram muito. Ainda estamos 1 ponto atrás do United, mas a raça dos jogadores foi demais. Mancini fez questão de dizer após a partida que esse jogo valeu mais do que 3 pontos. Essa vitória mostrou pra todos do que esse time é capaz. Estamos mais vivos do que nunca.

Nasri hoje foi sensacional, assim como o time todo. Micah Richards foi um monstro, ganhou todas, entrou em todas as dividas, assim como seu companheiro de zaga Kolo Toure. Zabaleta e Clichy sempre apoiando, Yaya, junto com Barry, mandando no meio de campo. De Jong também deu muita segurança nos 60 minutos que jogou. Silva hoje esteve apagado, mas é gênio e vai voltar a ser o melhor jogador desse time. No ataque Aguero brigou o tempo todo, fez o gol do empate, correu atrás a todo momento. Dzeko levou perigo ao entrar e Tevez deu uma boa dinâmica ao time, os jogadores ficam mais seguros com a presença de Carlitos em campo, além do passe genial pro Nasri. Nasri hoje fez sua grande partida com a camisa do City, aquela partida que estamos esperando desde que chegou. Já o criticamos, mas hoje só podemos agradecê-lo pela excelente partida. Foi o jogador que mais buscou o jogo, que mais tentou criar e que fez o gol da vitória. Todos estão de parabéns. Vitória épica! E Tevez voltou! 

terça-feira, 20 de março de 2012

Preview - Manchester City v Chelsea

                                     
                                            Barclays Premier League - 29ª rodada.
Local:Etihad Stadium - Manchester.
Data: Quarta-feira,21/03/12
Horário: 16:45(Brasília)
Transmissão: ESPN

Na quarta-feira, às 16:45, o City fará um dos jogos mais importantes da temporada. O adversário é o sempre forte Chelsea. Com o novo comandante, o também italiano Roberto di Matteo, o clube londrino está 100% e Fernando Torres voltou a marcar. Outra atração da partida estará no banco, Mancini confirmou que Tevez estará no banco. O jogo é válido pela 29ª rodada do campeonato inglês.

Amanhã não podemos pensar em outro resultado a não ser a vitória. O United venceu o Wolves no final de semana por 5-0 fora de casa e abriu 4 pontos. A vitória amanhã é importante para o City não deixar o United abrir muita vantagem e pro clube voltar a ter aquela confiança do início do campeonato. Mas meio a zero com um gol contra, impedido, aos 48 do segundo tempo já está valendo.

Fatos da partida:

 - Lescott está fora da partida, com um problema na virilha.

 - O capitão do City - Vincent Kompany - é dúvida. O belga está com um problema na panturrilha.

 - Pablo Zabaleta e Barry, recuperados de lesão, estão a disposição de Roberto Mancini.

 - Tevez, acostumado a marcar contra o Chelsea, ficará no banco de reservas. Nos últimos 5 jogos, o argentino marcou 6 gols contra os londrinos.

 - Pelo lado do Chelsea, John Terry, machucado, está fora da partida.

 - O Chelsea não conseguiu vencer em nenhum dos últimos quatro jogos fora de casa, já o City tem 100% de aproveitamento no Etihad, pelo campeonato inglês. E nas duas últimas vezes que visitou o City, o Chelsea saiu derrotado.

Jogadores relacionados:


Manchester City: Hart, Pantilimon, Richards, Zabaleta, Kompany, Savic, Kolo Toure, Clichy, Kolarov, A.Johnson, Milner, De Jong, Yaya Toure, Barry, Pizarro, Nasri, Silva, Aguero, Balotelli, Dzeko e Tevez.

Chelsea: Cech, Bosingwa, Ivanovic, David Luiz, Cahill, Cole, Bertrand, Mikel, Essien, Meireles, Ramires, Lampard, Mata, Malouda, Drogba, Torres, Sturridge, Kalou, Turnbull

Mancini terá uma grande dor de cabeça amanhã. Com a dupla de zaga praticamente fora (Lescott confirmado fora e Kompany é duvida), Savic deve entrar mais uma vez. O Savic em todas oportunidades que teve foi mal, muito mal. A "única" saída seria escalar Micah Richards - que já jogou como zagueiro na temporada 07/08 - na zaga e Zabaleta, recuperado de lesão, na direita. Perderíamos ofensividade pelo lado direito mas a zaga ficaria mais segura com Kolo e Micah. Não sei qual vai ser a decisão de Mancini, mas torço realmente para que isso aconteça. No meio o Gareth Barry, também liberado pelo departamento médico, deve ser titular. O inglês tem sido titular ao lado de Yaya durante toda a temporada e, segundo Clichy, o Barry é um dos responsáveis pela grande fase de Yaya, pois é Gareth quem "carrega o piano" e deixa Yaya com liberdade para jogar.

Balotelli deve ser titular ao lado de Aguero. Na armação, Silva é unanimidade, mas o companheiro é dúvida. Nasri, que foi contratado para ser o companheiro do espanhol, ainda não jogou a bola que esperávamos dele, já Adam Johnson, vem jogando bem. Acho que Mancini vai de Nasri, mas não será surpresa se entrar com Adam Johnson. O camisa 11 além de ser muito bom ofensivamente também ajuda muito na marcação, e seria importante conter o lado esquerdo do Chelsea, que é muito forte com Ashley Cole e Mata caindo por lá.

Tevez deve entrar no segundo tempo. Mancini disse que Carlitos ainda não está nas condições ideias e precisa adquirir ritmo, que deve jogar de 25 a 30 minutos.

Provável escalação do City deve ser: Hart; Richards, Savic, Kolo, Clichy; Barry, Yaya, Silva, Nasri; Aguero e Balotelli.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Três aspectos para a virada

Manchester Evening News


O MCFC dará um grande passo em seu desenvolvimento como equipe quando chegar a quarta-feira. Seu futebol elegante e solidez defensiva o fez a melhor equipe na Premier League desta temporada, em muitos aspectos.

Mas quando a reta final aparece, não é sempre a melhor equipe que ganha o título da liga, muitas vezes é a que tem a astúcia e a perspicácia para vencer em momentos cruciais.

Na noite de quarta-feira, acontecerá um dos maiores jogos da temporada, um momento decisivo em uma corrida pelo título, que está sendo emocionante por natureza.

Os jogadores têm falado longamente sobre o fato de que o vestiário está imbuído do espírito e a força mental necessária para vencer as grandes disputas, agora é a hora de provar de uma vez por todas, pois o United já fez a sua parte ontem, ao vencer bem um condenado Wolves.

Com isto os azuis estão agora quatro pontos atrás e precisam vencer nesta quarta-feira para se manter pressionando os rivais.

A conversa ao longo dos próximos dias será, em grande parte, sobre Carlos Tevez e se ele estará de volta contra uma equipe que tão habilmente afundou no Etihad na última temporada.

Mas a verdade é que Tevez é algo à parte. Ele não comecará a partida, e o City precisa obter controle sobre o jogo muito antes de Mancini começar a tomar decisões sobre se deseja lançar o argentino para o campo.


Quarta-feira à noite e o resto desta época serão protagonizadas por três aspectos: técnico, jogadores e torcedores. Se estes três elementos se juntarem, os Blues são mais do que capazes de uma vitória convincente que vai  lançar uma recado aos devils: a luta ainda está longe de terminar. Então, analisemos todos eles:

O Técnico

A sorte favorece os corajosos, e Mancini tem feito nesta temporada uma resposta aos críticos, que o achavam muito cauteloso, tipicamente italiano, para ser um sucesso na Premier League.

Com sua equipe finalmente do jeito que gostaria, ele liberou o potencial de ataque com um efeito devastador, e culminou em uma avalanche de gols.

A preocupação nos últimos dois ou três jogos é que Mancini pode ter voltado ao estereótipo que tanto tenta se disassociar, colocando Nigel de Jong na frente de uma enfraquecida zaga do Swansea, e começando com Yaya Toure preso contra o Sporting Lisboa.

Ele teve que mudar às pressas para adiantar a equipe. Na quarta-feira, ele precisa ser assim desde o início, como era em Stamford Bridge, em dezembro, quando Sergio Aguero e Mario Balotelli acuaram os londrinos no jogo em que poderia ter sido aberto 2-0, mas o City foi afetado por uma decisão terrível ao não ter sido dada uma penalidade pelo árbitro Mark Clattenburg, com o Chelsea virando a partida.


Os Jogadores

O United tem histórico de crescer nesta parte da temporada. Mas homens como Yaya Touré, David Silva, Lescott, Joe Hart e Gareth Barry não são o tipo de desmoronar-se em momentos como este.

Eles sabem que não foram bons o suficiente nos últimos jogos, independentemente da tentativa do manager de assumir a culpa.

A coisa encorajadora para os fãs é que os fracassos em Swansea e contra o Sporting são apenas a perda temporária da forma, e diz o ditado que a classe é permanente.

Eles tiveram uma semana para meditar sobre isto, para se preparar, e apresentar o bom futebol habitual no Etihad esta semana.

A Torcida

Torcedores do City são barulhentos e apoiadores nas viagens para fora de Manchester, mas muitas vezes nesta temporada, nos jogos em casa, eles sentaram-se esperando a inspiração da equipe em campo.

As vaias que ecoaram em volta do estádio na metade do tempo na quinta-feira eram estúpidas, pois é uma equipe que ganhou todos os jogos da liga em casa nesta temporada, e eles mereciam mais respeito do que aquilo.
Quarta à noite precisa de uma demonstração de apreço e de unidade.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Apesar da vitória, City é eliminado na Europa League

Em partida dramática, o Manchester City não conseguiu garantir sua classificação na Uefa Europa League. Jogando em casa os citizens precisavam de dois gols para chegar às oitavas de final da competição já que o Sporting venceu a primeira partida por 1x0 em Lisboa.

Logo no início do primeiro tempo, a equipe de Manchester viu seus passes errados abrirem espaços para que os portugueses explorassem o setor direito do campo de ataque.
Sem conseguir sair da marcação, os citizens tinham dificuldades em finalizar. Aos 9 minutos, uma falha na defesa do Sporting fez a bola sobrar para David Silva que cruzou para Adam Johnson livre, mas ele bateu pra fora.

Aos 19 minutos, Balotelli arriscou um chute de dentro da área e foi parado por Anderson Polga ganhando um escanteio. Fechado, o Sporting estava determinado a impedir a pressão inglesa.

Aos 24 minutos, em uma falta que rendeu a Richards um cartão amarelo, Matias Fernandez bateu direto para a defesa de Hart. Era um presságio do que viria minutos depois. Aos 31, Balotelli fez uma falta próxima à entrada da área. Fernandez bateu e com categoria, abriu o placar para o Sporting.

Sem conseguir sair da marcação e levar perigo ao goleiro Patricio, os passes do City
pareciam não encontrar o rumo do gol. Aos 39 minutos, em cruzamento pela direita,
Wolfswinkel chegou primeiro que Kolo Toure na frente do gol e colocou a bola no fundo da rede ampliando a vantagem do time de Lisboa. A um minuto de se encerrar o primeiro tempo,
Adam Johnson ainda cobrou uma falta do lado direito, mas o goleiro defendeu.

A equipe que deixou o campo no primeiro tempo ficou bem longe de se parecer com a que
voltou para a etapa final. No intervalo, Mancini tirou Johnson e colocou De Jong. Apesar de precisar de 4 gols para se classificar, o Manchester City mudou completamente sua postura.
Para garantir o resultado, o Sporting precisava fechar sua defesa e foi isso que o time de Sá Pinto fez. Aos 53 minutos, Kolarov cobrou uma falta que Xandão salvou de cabeça enviando a bola para escanteio.

Um minuto depois, Pizarro saiu para a entrada de Dzeko. Aos 59 minutos, Aguero recebeu livre no meio da zaga e marcou o primeiro gol do City na partida. Nasceu aí uma vontade incrível de vencer. David Silva, mal na partida, saiu aos 65 minutos para entrada de Nasri.

Aos 72 minutos o árbitro marcou o pênalti de Renato Neto em Aguero. Com tranquilidade, Balotelli marcou o gol de empate do jogo. A virada chegou aos 81 minutos em uma cobrança de escanteio em que Aguero aproveitou a sobra da cabeçada de Balotelli. Faltava apenas um
gol para uma virada heroica. A partir daí os minutos finais foram eletrizantes. Ainda mais pela catimba que os portugueses protagonizavam para segurar sua classificação.

A torcida, que no primeiro tempo parecia conformada com a desclassificação, passou a acreditar no gol que mudaria a história da partida. E ele quase veio na cabeçada de Balotelli pra fora
aos 87 minutos. Com cinco minutos de acréscimo para trabalhar, o time inglês foi todo ao
ataque. Todo mesmo por que até Joe Hart foi pra área no último lance. De forma inacreditável,
o goleiro cabeceou a bola que passou pelos dedos de Rui Patricio.Dzeko passou por ela, mas
não conseguiu finalizar. Foi o fim de uma partida dramática que rendeu ao Sporting de Lisboa a classificação para as quartas de final da Europa League mesmo perdendo por 3 x 2.

Fora da Europa League, o City tem apenas um foco: retomar a liderança perdida no último domingo e vencer a Premier. Até por que, esse também será o foco do atual líder do campeonato, o Manchester United, já que este também foi eliminado da UEL hoje pelo Atletic Bilbao.
O próximo passo para essa conquista será na quarta-feira, 21 de março, contra o Chelsea no Etihad. Se mantiver essa garra e vontade dos últimos 45 minutos do jogo de hoje, a equipe tem tudo para alcançar seu objetivo.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Manchester City x Sporting Lisboa-Preview


Europa League-Oitavas de Final
Local: Etihad Stadium(Manchester, Inglaterra)
Data: Quinta-feira, 15/03/12
Horário:17:05(Brasília)
Transmissão: ESPN Brasil

Manchester City volta a campo amanhã pela Europa League tentando se reabilitar na temporada após duas derrotas seguidas. A equipe passará para as quartas de finais se ganhar com dois gols de vantagem.

A pergunta no momento é: Vale a pena continuar na Europa League?

Digo isso porque a eliminação do United é mais eminente que a nossa, e com isso eles ficariam apenas focados na Premier o que seria prejudicial para nós, isso na visão dos torcedores, jogadores e do Mancini que hoje declarou na entrevista coletiva que deseja a classificação dos nossos vizinhos.

Um jornalista inglês que está acompanhando o United em Bilbao afirmou que a equipe inglesa vai entrar na partida amanhã com seriedade, mas se forem desclassificados os jogadores não se importarão, porque eles estavam focados em roubar a o topo da Premier do City e como conseguiram agora querem manter essa vantagem.


O campeonato da UEFA nunca foi sonho de consumo dos times ingleses por terem seus jogos realizados nas quintas-feiras, tirando assim um dia de descanso dos jogadores.


É verdade dizer que não estamos passando por um bom momento na temporada, tivemos duas partidas horríveis seguidas coisa que não havia acontencido ainda.

Mancini vem colocando em campo os melhores jogadores, praticamente a mesma equipe que encantou todos alguns meses atrás, mas o futebol desapareceu, nenhum atleta está tendo uma performance acima da média, aliás bem abaixo da média.

Numa temporada com tantos jogos é normal uma equipe oscilar, é difícil manter o mesmo ritmo durante todo o ano, mas infelizmente o nosso mau momento chegou quando menos precisávamos.

Se será interessante a nossa classificação ou não fica a critério de cada um, mas uma vitória amanhã jogando um bom futebol será importantíssima para trazer a confiança de volta a equipe, até porque nosso próximo adversário será o Chelsea e poderemos estar enfrentando os blues com quatro pontos atrás do United, então que venha o Sporting.

Prováveis escalações:


Manchester City: Hart, Richards, Savic, Toure, Kolarov, De Jong, Yaya, Silva, Jonhson, Aguero, Dzeko.


Sporting Lisboa: Rui Patrício, Pereira, Xandão, Polga, Insua, Schaars, Carriço, Izmailov, Fernandez, Capel, Van Wolfswinkel




terça-feira, 13 de março de 2012

Tevez pode ser a novidade do City contra o Chelsea


Após perder a liderança na última rodada para o Manchester United, o City prepara uma novidade para a próxima partida pela Premier League. Carlos Tevez deve ser a novidade do confronto contra o Chelsea, no Etihad Stadium. O argentino vem treinando forte e jogando pelos reservas - inclusive marcou contra o Bolton semana passada, na vitória por 3-1. Na quarta a noite os reservas enfrentarão o Nijmegen na Holanda, e o atacante iria jogar, mas a comissão técnica do clube preferiu deixar Carlitos na Inglaterra para que ele intensifique seus treinamentos e esteja disponível contra o Chelsea no dia 21 de Março.

Após a derrota para o Swansea no último domingo por 1-0, Mancini disse que Tevez ainda precisava de 10 dias para voltar. Mas depois dos dois bons jogos pelos reservas, ficou decidido que o argentino iria ter uma atenção especial nos treinamentos para apressar sua volta e que ele iria treinar com o time principal. Ao que tudo indica, Roberto Mancini e Tevez deixaram os problemas, pelo menos por hora, para trás pelo bem do clube.

Tevez tem impressionado a todos do City com sua atitude e vontade de recuperar o ritmo de jogo perdido. Após a derrota para o Swansea, Micah Richards disse:"Na temporada passada haviam partidas em que Tevez ganhava sozinho. Em jogos como este (Swansea) ele traria a vitória para o clube. Eu adoraria vê-lo de volta. Eu sempre fui um grande fã do Tevez - quando me perguntam sobre ele, eu sempre digo que o amo."

Passado a tempestade, ainda há muitas pessoas que não querem a volta do Tevez. Minha opinião própria é que Mancini está certo, Tevez é nosso melhor atacante (por mais que o Aguero esteja jogando muito, o Tevez já fez muita coisa boa no City, não podemos esquecer). Sua atitude foi escrota. Mas chegamos a um ponto que temos que somar forças e Mancini percebeu isso. Chamou Tevez de volta, os dois apararam as arestas e, ao que tudo indica, estão juntos na busca pelo título. O United nos passou e tem uma tabela mais fácil, e o City já não apresenta o mesmo futebol do início da temporada, por isso eu acho o Tevez tão importante, igual ao Micah disse, ele é o jogador que em partidas complicadas chama a responsabilidade. O Chelsea é um time que o Tevez sempre fez muitos gols. Ao fim da temporada ele deve sair, procurar um novo lar, é um grande jogador com cabeça fraca, mas no momento o City precisa da sua ajuda para ser campeão, que é o que vai acontecer.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Perdemos a liderança, e agora?



Esta 28º rodada fez despencar uma parede de realidade sobre todos os citizens, e não foi apenas por essa derrota para o Swansea, mas pelo futuro que nos espera, que deixaria qualquer um com receio mesmo que tivéssemos vencido esta última partida.

Jogar no País de Gales, e contra um time cumpridor como os swans, que vem fazendo bonito na Premier , seria fanatismo demais dizer que não poderia acontecer um resultado adverso, mas quando se vê o que tem pela frente, notamos que eram pontos que não poderíamos perder.

Eu não quero ser nenhum pessimista, nem achem que vou zicar o time, que para mim nem existem estas coisas, mas nestas horas de decisão eu vou como um louco para a tabela fazer minhas análises, e apresentar minhas impressões.

Semana passada já tinha dado uma olhada nos jogos dos diabos, e tamanha perplexidade que senti com a facilidade, sequer tive coragem de olhar a do City. O fato é que a grande maioria dos pontos que nós secamos e imaginávamos que eles iriam perder, para nos deixar tranquilos em um momento como esses, não aconteceram, eles fizeram bem nos jogos decisivos, do jeito que conhecemos, jogando mal, na bacia das almas, mas fizeram...

A tabela é a seguinte, já com o que acho que pode acontecer: Wolves x United – deve vencer; United x Fulham – deve vencer; Blackburn x United – deve vencer; United x QPR – deve vencer; Wigan x United – deve vencer; United x Aston Villa – deve vencer; United x Everton – deve vencer; City x United – deve perder pontos; United x Swansea – deve vencer; Sunderland x United – pode perder pontos.

Em dez jogos restantes, são pelo menos oito em que, a partir do nosso conhecimento de como são as coisas, a vitória deverá aparecer, a não ser que uma zebra do bem, como aquela do confronto contra rovers no Old Trafford apareça...

Após a derrota de ontem, não quis mais saber e fui ver de uma vez o que nos esperava, e a decepção se mostrou assim:

City x Chelsea – pode perder pontos; Stoke x City – pode perder pontos; City x Sunderland – deve vencer; Arsenal x City – deve perder pontos; City x WBA – deve vencer; Norwich x City – pode perder pontos; Wolves x City – deve vencer; City x United – pode perder pontos; Newcastle x City – pode perder pontos; City x QPR – deve vencer.

Míseros quatro jogos de maior tranquilidade, o resto é uma pedreira, de maior ou menor tamanho, mas de qualquer forma partidas que teremos que jogar o impossível e contar com a sorte, que parece sempre ir para o lado dos malditos...

É inegável que a nossa equipe é superior a todas estas que vai enfrentar como todas que já enfrentou, porque simplesmente é a melhor equipe. Mas estamos vendo um City diferente daquele da primeira metade, desde dezembro as boas sequências não tem sido tão grandes, temos semanas bem ruins, como esta última, com duas derrotas chatas para equipes piores, isto sem falar do desempenho sofrível que tem tido nos jogos fora do Etihad pela Premier: só nas últimas cinco partidas, foram três derrotas, nenhuma para "grandes".

Não é loucura imaginar que no derby, que tem tudo para ser a espetacular final, o City possa chegar já morto, ou quase isto. Nosso desafio é chegar lá vivos, pode até ser atrás, mas com chances de ultrapassa-los, pois é o nosso trunfo.

Mais uma vez digo que não estou sendo oportunista com a derrota, se semana passada tivesse tido coragem de olhar, teria ficado com o mesmo sentimento, pois dois pontos não são muito vantajosos com os jogos vindouros, se tivéssemos chegado com no mínimo uns cinco de gordura, talvez desse para enfrentar essa fase espinhosa de agora.

Até lá é torcer para equipe se unir como nunca pelo objetivo e ir destruindo com heroísmo obstáculo por obstáculo, o que dará um sabor bem especial a o título. Seguimos acreditando, acima de tudo, o sonho é possível.

domingo, 11 de março de 2012

Após derrota, City perde liderança na Premier


A derrota para o Swansea City trouxe um prejuízo maior do que a perda de 3 pontos. O Manchester City saiu do topo da tabela e deu espaço para o United assumir a liderança, na 28ª rodada da Premier League. A mudança de postura no segundo tempo não foi suficiente para assegurar uma boa pontuação para os Blues. O desempate só aconteceu aos 83 minutos, com gol de Moore. Micah Richards quase igualou, mas teve o lance anulado.

A partida mal tinha começado no Liberty Stadium, no País de Gales, e o Swansea já ameaçava o City. Aos 5 minutos Joe Hart derrubou Wayne Routledge e deu pênalti a favor dos anfitriões. Scott Sinclair cobrou chutando baixo e sem ameaçar a boa defesa de Hart.

Os Blues se mantiveram jogando devagar boa parte do primeiro tempo. Sem contra-atacar de maneira efetiva e não conseguindo ganhar velocidade, o máximo que faziam eram trocar passes e recuar para frear os Swans. Aos 37 minutos Mancini fez a primeira modificação, substituindo Barry por Aguero.

Até os 40 minutos os Citizens não ameaçavam. A reviravolta teve início aos 42 minutos com a cobrança de escanteio. Yaya conseguiu achar a bola na pequena área, mas chutou para fora. Os passes desengonçados dos dois times fez com que as torcidas tivessem um momento de apreensão.

Já no fim do acréscimo de 1 minuto, o árbitro Lee Manson causou polêmica ao encerrar o primeiro tempo enquanto, após o escanteio cobrado pelo City, os dois times ainda brigavam pela posse de bola dentro da pequena área do Swansea. O técnico Mancini reclamou da decisão de Manson de finalizar durante a disputa acirrada.

Os Citizens retornaram a campo com uma postura diferenciada. O time mudou o ritmo e passou a controlar a partida. Sem se manter recuado ou trocando passes para ganhar tempo, os Blues começaram a ganhar espaço. Aos 68 minutos Micah Richards fez boa finalização, mas Vorm defendeu.

Em um momento de vacilo da defesa do City, os Swans aproveitaram bem a oportunidade e abriram o placar. Luke Moore marcou de cabeça ao receber o cruzamento, aos 83 minutos. Logo em seguida ao desempate, Adam Johnson entrou no lugar de Nasri e Dzeko substituiu Silva.

Aos 88 minutos a torcida dos Blues passou rápido da alegria para a frustração. Micah Richards empatou, mas a bandeirinha acusou impedimento. A arbitragem anulou o gol.

Os 4 minutos de acréscimo foram corridos. A todo custo o City tentava o empate. No minuto final, Joe Hart arriscou sair do gol para auxiliar o time na área do Swansea.

A derrota deixou para trás pontos importantes. Embora a partida tenha começado com um ritmo ruim para o time de Manchester, o empate parecia o pior resultado possível. Ainda dá tempo de correr atrás do prejuízo, pois faltam 10 rodadas para sair o campeão da Premier League dessa temporada e muita bola ainda vai rolar.

sexta-feira, 9 de março de 2012

O novo Balotelli


Mario Balotelli prometeu retribuir toda a confiança que Roberto Mancini vem depositando nele ajudando o City a ser campeão da Premier League. Balotelli irá voltar ao time titular na partida de domingo, contra o Swansea. Roberto Mancini disse, após a derrota para o Sporting pela Uefa Europa League, que Balotelli pode começar como titular em todas as partidas até o fim do campeonato.

Balotelli - que foi multado recentemente por ter ido a um clube de strip na véspera do jogo contra o Bolton - disse:"Ele [Mancini] gastou muito para me contratar, ele tinha muita confiança em mim, por isso eu sinto mais responsabilidade em relação a ele, então eu não posso fazer coisas estúpidas mais. Todas as vezes que eu jogo bem eu fico feliz por mim e por ele também."


"Muita coisa mudou nesta temporada. Eu gasto menos tempo com meus amigos, eu tenho uma vida mais tranquila. Estou mais descansado."


"Talvez no futebol eu esteja ficando melhor tecnicamente - eu costumava ser um completo desastre!"

"Acima de tudo Mancini me fez crescer. Eu tenho um ótimo relacionamento com ele."



Fato é que Balotelli vem crescendo a cada temporada, grande parte desse desenvolvimento é mérito do Mancini que acreditou muito nele. Papai Mancini.

Swansea x Manchester City-Preview


Barclays Premier League
Local: Liberty Stadium(Swansea, País de Gales)
Data: Domingo,11/03/12
Horário: 11:00(Brasília)
Árbitro: Lee Mason
Transmissão: ESPN

Domingo Manchester City enfretará o Swansea no Liberty Stadium no País de Gales sabendo que precisa vencer para continuar na liderança da Premier League.

No mesmo horário o United estará enfrentando o WBA no Old Trafford. Os dois clubes vem de derrota na quinta-feira pela Europa League, então outro resultado negativo não estará no vocabulário das equipes.

Mas o City terá a tarefa mais complicada, o Swansea é considerado o Barcelona inglês, um time que adora preservar a posse de bola. Não diferentemente o City também adora ter a bola nos pés, então teremos uma batalha no meio de campo.

É bom lembrar que o Swansea foi a equipe que fizemos a estréia na Premier nessa temporada, e apesar da nossa vitória de 4x0 os primeiros 25 minutos não vimos a cor da bola com a equipe galesa ditando o ritmo do jogo.

City não terá o capitão Vincent Kompany que sentiu uma lesão na panturillha no começo do jogo contra o Sporting e ficará duas semanas parado e deverá apenas voltar contra o Chelsea.

Outro jogador que deve voltar a equipe é Micah Richards que foi poupado no jogo da Europa League por estar voltando de contusão.

Apartir de agora todo jogo será uma decisão, Mancini e os jogadores sabem que se escorregarem o United nos passará, por isso o italiano deseja apenas vitória até o final do campeonato.

Provavéis escalações:


Swansea: Vorm, Rangel, Willians, Caulker, Taylor, Britton, Allen, Routledge, Sigurdsson, Sinclair, Graham.

Manchester City: Hart, Richards, Kolo, Lescott, Clichy, Yaya, Barry, Silva, Nasri, Aguero, Balotelli.

Curiosidades:


* Swansea tem 10 clean sheets nessa temporada, o mesmo número de Liverpool e Tottenham. Apenas City e United tem números maiores que os galeses.

* Swansea já deixou de marcar gols em 11 partidas nessa temporada, o mesmo número do Wigan.

* A vitória de 2x0 do City em cima do Bolton foi a quarto clean sheet seguido, a primeira vez que conseguimos isso desde dezembro de 1977.

* O City só concedeu dois gols nas últimas nove partidas da Premier em que o Kompany jogou.

* Das úttimas sete partidas fora de casa City ganhou apenas 2 jogos.

* City já marcou 69 gols nessa temporada, e está apenas três de bater o nosso maior recorde que foi 72 gols na temporada 2009/10.

* 69% dos gols que o City concede são no segundo tempo, o maior número entre todas as equipes.



City mostra apatia e perde para o Sporting


fonte: Globoesporte.com
O City saiu em desvantagem na partida de ida, pelas oitavas de final da Europa League, mais uma vez enfrentando uma equipe portuguesa, agora o Sporting Lisboa.
Mesmo superior tecnicamente, podendo ter definido a partida logo, o City se mostrou apático em campo, o que equilibrou a partida. Aos nove minutos, Izmailov, que estava na ponta direita, tocou forçando João Pereira a avançar e arriscar o chute da entrada da área. A bola seguiu na direção do goleiro Joe Hart.
Dois minutos depois, os Citizens responderam com uma cabeçada perigosa do zagueiro Kolo Touré. Aos 24 minutos, novamente o Manchester levou perigo. Barry, da entrada da área, viu quatro defensores portugueses à sua frente, mas conseguiu chutar colocado, e a bola quase acertou a trave.
Na segunda etapa, o Sporting conseguiu um gol chorado logo aos cinco minutos. Fernández cobrou falta no canto esquerdo de Joe Hart. O goleiro espalmou nos pés de Xandão, que chutou em cima do arqueiro. Na sobra, o brasileiro tocou de calcanhar marcando o único gol da partida.
Depois disso, o City ainda tentou reagir, mas sem sucesso. Aos 23, Kolarov cobrou falta da entrada da área e quase acertou a trave. Balotelli protagonizou o único lampejo de bom futebol na etapa complementar. Aos 27, o italiano cruzou de letra do lado esquerdo, mas David Silva concluiu para fora.
Aos 41, o atacante quase empatou. Após cobrança de escanteio, o jogador subiu no 5º andar, cabeceou, e a bola acertou o travessão do goleiro Rui Patrício. Aos 44 minutos, Agüero, que estava sumido, ficou de frente para Rui Patrício, mas Xandão evitou o gol, foi a última chance, e ficou por isto mesmo.
Resultado adverso, mas totalmente reversível na volta, até porque temos uma equipe bem superior aos portugueses. O jogo no Etihad acontece na próxima quinta, 15/03. 

quinta-feira, 8 de março de 2012

Noel Gallagher entrevista Balotelli



O atacante Mario Balotelli sentiu um frio na barriga quando foi entrevistado por nada menos que Noel Gallagher, ex-integrante e fundador do Oasis e torcedor fanático pelo Manchester City. O músico, que agora trabalha para BBC Londres, conseguiu arrancar algumas revelações do jogador, que está sempre na mídia devido aos problemas extracampo.

Pela primeira vez, o atacante admitiu que precisa mudar de postura e amadurecer, principalmente nas questões que envolvem sua vida pessoal, algo que já havia sido tido pelo técnico Roberto Mancini.

– Quando Mancini diz algo, ele tem sempre razão. Mas tenho 21 anos, ainda sou novo. Mas penso que cresci mentalmente desde o último ano. Porém, ainda preciso amadurecer mais – disse.

Sobre o fato de o chamarem de arrogante, Balotelli garantiu que seu comportamento é natural e sempre foi assim. Porém, garante que não se importa com a opinião dos outros.

– Não gosto quando os outros falam sobre a minha vida ou sobre o que faço. Sou muito reservado. Alguns pensam que sou arrogante, mas não, sou mesmo assim. Mas não me importo: podem dizer o que lhes acharem. Vou continuar a ser uma pessoa normal, a andar pela cidade e a frequentar bares, mas não para beber – disse.

terça-feira, 6 de março de 2012

Preview: Sporting x Manchester City


Uefa Europa League (Ida)
Local: Estádio José Alvalade (Lisboa)
Data: 08/03/12
Horário: 14:55 (Brasília)
Transmissão: ESPN

Histórico de Confrontos:

Apenas um jogo entre eles na competição New York Football Challenge 2010.

Sporting 2 x 0 City
Djaló 23' 40'

Um confronto europeu de extrema importância se aproxima e a parada vai ser mais uma vez em Portugal onde o City faz lembrar boas recordações da última vez que esteve lá. O time vem jogando muito bem e criando muitas oportunidades de gols, mas as vezes pecando no último toque, o próprio Clichy falou sobre sobre isso: " O jogo poderia estar 4x0 nos primeiros 10 minutos. No final não tomamos gols e marcamos dois, mas precisamos ser mais eficientes e profissionais na hora da finalização. Podemos pagar contra um time grande ao perder essas oportunidades.".

Falando um pouco do adversário: está em 4° lugar, mas está com uma diferença enorme do líder. Tem um elenco entrosado e algumas peças de chamar a atenção. A estrela é o espanhol Diego Capel, que já jogou pela seleção. O time conta com quatro brasileiros, os zagueiros Everaldo, Anderson Polga e Xandão e o meia Elias, que frequentemente é chamado pelo treinador Mano Meneses para a seleção.

Uma outra notícia que rondou no City foi que o argentino Tevez voltou a marcar após 10 meses. Ele atuou em um jogo entre os reservas, contra o Bolton Reservas. A partida acabou em 3x1 para o City. Jogando com a camisa 10 o argentino foi bem recebido pelos poucos torcedores que estevavam presentes.

O jogo será em um horário ruim para a maioria dos torcedores brasileiros. Bem no meio do expediente do trabalho ou do estudo. Mesmo com o fuso horário não nos ajudando, com certeza estaremos na torcida por um ótimo resultado.

Prováveis escalações:

City: Hart; Richards, Kompany, Lescott, Kolarov; Yaya, Barry, Silva, Johnson, Aguero e Balotelli.

Sporting: Rui Patricio; Anderson Polga, Onyewu, João Pereira, Insúa; Schaars, Capel, Elias, M. Fernandez; van Wolfswinkel e Carrillo.

Assuntos

#FollowTheCaptain (1) #ManchesterCity #ManchesterUnited #Derby #City #United #RoyKeane #Ferguson (1) #SemanaDoClássico (4) #TOGETHER (3) 11ª rodada da Premier League (8) 12ª rodada da Premier League (3) 12ª rodada da Premier League 2013/2014 (2) 13ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 13ª rodada Premier League (1) 13ª rodada. (1) 14ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 14ª rodada Premier League (3) 14ª rodada Premier League 2013/2014 (2) 15ª rodada da Premier League (2) 16ª da Premier League (1) 16ª rodada da Premier League (2) 17² rodada da Primier League (1) 17ª Premier League 2013/2014; Premier League; Premier League 2013/2014; Kompany (1) 17ª rodada da Premier League (2) 18ª rodada Premier League 2013/2014 (1) 19ª rodada da Premier League (3) 19ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 1ª rodada da Premier League 2013\14 (3) 20ª rodada da Premier League (1) 20ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 21ª rodada da Premier League (3) 22ª rodada da Premier League (3) 23 (1) 23ª rodada da Premier League (4) 24ª rodada Premier League (3) 25ª rodada da Premier League (3) 26ª rodada da Premier League (4) 27ª rodada Premier League (2) 28ª rodada da Premier League (2) 2ª rodada da Premier League (2) 2ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 2º rodada Premier League (1) 30ª rodada da Premier League (1) 34ª rodada da Premier League (1) 35ª rodada da Premier League (2) 36ª rodada Premier League (3) 37ª rodada da Premier League (2) 38ª rodada da Premier League (2) 38ª rodada Premier League (1) 38ª rodada Premier League 2013/2014 (1) 3ª rodada Premier League 2013/14 (1) 4ª fase (2) 5ª rodada da Premier League (3) 5º rodada (1) 6ª rodada da Premier League (1) 7ª rodada da Premier League (4) 7ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 8ª rodada da Premier League (4) 9ª rodada (1) 9ª rodada Premier League (2) Abdul Razak (2) Abu Dhabi (1) Academia (19) Adam Johnson (48) Adam Sadler (1) Adebayor (38) ADUG (4) Aguero (86) Agüero (4) Aguero. (1) AJ (13) Ajax (5) Ajax. (1) Al Alin (1) Al Hilal (2) Alan Shearer (1) Alessio Cerci (1) Alex Ferguson (5) Alex Nimely (1) Alexis Sanchéz (2) Alvaro Negredo (16) Amistoso (3) Amistosos (6) Análise Tática (4) Ander Herrera (1) Anelka (1) Anfield Stadium (1) Arsenal (26) Ashley Young (1) Aston Villa (14) Atacantes (5) Aubameyang (1) Audi Cup (1) baines (1) bale (1) Balotelli (76) Barcelona (10) Barclays NY Challange (3) Barclays Premier League (2) Barnsley (2) Barry (35) Bayern (11) Belgica (1) Belhanda (1) Bellamy (16) Bellamy. (1) Bem Haim (1) Ben Mee (1) Benjani (2) Benteke (1) Besiktas (2) Birmingham (4) Birmingham. (1) Blackburn (7) Blog do City (3) Blog na Mídia (1) Blue Moon (1) Blue Moon Rising (1) Boa Vista (1) Boateng (3) Boca Juniors (1) Boca Júniors (1) Bojinov (1) Boleyn Ground (1) Bolton (3) Borussia Dortmund (5) Boyata (7) Boyota (1) Brasil (1) Brasileiros no City (1) Brian Kidd (2) Brian Marwood (1) Bridge (15) Brighton (1) Brittania Stadium (1) Caicedo (1) Camarões (1) Cameroon (1) Camisa nova (2) Campeões (3) Capital One Cup (8) Cardiff City (1) Carling Cup (29) Carlos Tevez (67) Categorias de base (10) Cavani (6) Centro de Treinamento (1) CEO (1) Champions (7) Champions League (54) Champions League 2012/13 (27) Champions League 2013/14 (2) Champions League Sergio Aguero Manchester City Alvaro Negredo Stevan Jovetic Vincent Kompany (2) Chelsea (33) Cisse (1) City (6) City Football Academy (1) City of Manchester Stadium (16) City v United (1) Cityticketx (1) Clichy (12) Community Shield (7) Complex Etihad (1) Comunicado Blog (2) Contratações (12) Contratações 12/13 (5) Contratações 13/14 (1) Contusões (5) Copa da Liga 10/11 (2) Copa da Liga 13/14 (1) Copa das Nações (2) Copa das Nações Africanas (3) Copa do Mundo 2010 (4) Copa Ueda 07/08 (1) Copa Uefa 08/09 (5) Copa Uefa 10/11 (4) Costa do Marfim (1) Costel Pantilimon (10) Crise no City (6) Crystal Palace (2) CSKA (2) Cunningham (1) Curiosidades (2) Daniel Agger (1) Danielle De Rossi (6) data FIFA. (2) David Gonzalez (1) David Luiz (3) David Moyes (1) David Platt (6) David Silva (109) david villa (2) De Jong (25) Deadlineday (1) Defensores (12) Deloitte (1) Demba Ba (1) Demichelis (2) Denis Suarez (4) Derby (32) Derby de Manchester (3) Desfalques (1) Dispensa 10/11 (3) Dispensa 12/13 (1) doping (1) Dubli Super Cup (2) Dunne (2) Dynamo Dresden (1) dzeko (38) Eden Hazard (5) Edin Dzeko (70) Edinson Cavani (2) Edison Cavani (2) EDS (20) Elano (5) Elenco (1) Eliaquim Mangala (2) Eliminatórias Copa 2014 (1) Eliminatórias Euro 2012 (4) Emirates Stadium (1) Empréstimos (3) Empréstimos 10/11 (6) Empréstimos 11/12 (3) Empréstimos 12/13 (5) English Team (3) Enquete (2) Entrevista (36) equipe do blog (1) Espanha (3) Especulação (16) Especulação 08/09 (11) Especulação 10/11 (43) Especulação 11/12 (18) Especulação 12/13 (22) Especulação 13/14 (3) ESPN (2) ESPN Brasil (3) Etihad (1) Etihad Campus (3) Etihad Stadium (70) Etuhu (1) euro 2012 (4) Euro2012 (4) Europa League (10) Everton (14) Executivos do City (15) FA (4) FA Cup (36) FA Cup 10/11 (18) FA Cup 11/12 (10) FA Cup 12/13 (12) FA Cup 2012/2013 (1) FA Cup 2013/2014 (5) FA Cup Final (4) Fabregas (1) Fábrica do City (9) Falcão (1) Fatos Bizarros (14) Ferguson (1) Fernandinho (8) Fernandinho. (1) Fernando (2) Ferran Soriano (8) FFP (2) FIFA (1) FIFA 12 (1) Financial Fair Play (3) Fiorentina (3) Foe (1) Football Association (1) Fox Sports (1) Frank de Boer (1) Fulham (8) Futebol Brasileiro (1) Gabriele Marcotti (1) Gael Clichy (12) Gai Assulin (1) Gareth Bale (4) Gareth Barry (8) Gary Cook (1) Gary Neville (1) George Evans (1) Gerrard (2) Gervinho (1) Gil Vicente (1) Giroud (1) Given (12) Goleiros (4) Gols (32) Grupo D (3) Hamann (1) Hargreaves (5) Harry Redknapp (1) Hart (50) Hazard (2) História (5) Howard Webb (2) hulk (3) Hummels (2) Ibrahim (5) Ibrahimovic (3) Iheanacho (1) Imagem (2) Inglaterra (2) Inter (5) Internacionalizar (1) Internet (1) Ireland (5) Isco (4) Jack Rodwell (6) James Milner (15) James Rodriguez (1) Janela de Transferências (4) Javi Garcia (14) Javi Martinez (1) javier pastore (1) Jerome Boateng (1) Jesus Navas (5) (6) Joan Roman (2) Joe Hart (31) Jogos Olímpicos 2008 (1) John Guidetti (14) Jose Mourinho (2) José Mourinho (6) Juan Mata (2) Karim Rekik (1) Keep Calm (1) Khaldoon Al Mubarak (4) Kia Joorabchian (1) Kolarov (44) Kolo Touré (20) Kompany (46) Kun Aguero (4) Kun Agüero (4) Lampard (1) Lavezzi (1) Lech Poznan (1) Leeds United (2) Leicester City (1) Lendas do City (20) Lescott (38) Liga do Reservas (1) Liga dos Campeões (4) Liga dos Campeões 4ª rodada (1) Liga Europa 10/11 (12) Liga Europa 11/12 (9) Ligue 1 (1) Lille (1) Linha Cronológica (1) Liverpool (21) Llorente (1) Logan (1) Londres (2) Lyon (1) Maicon (8) Maine Road (2) Maine Road FC (2) Málaga (3) Manchester (1) Manchester City (174) Manchester City Arsenal Etihad Stadium Premier League 13/14 Ingressos (1) Manchester City Arsenal Premier League 2013-14 Fixtures Manchester United (1) Manchester City Benfica Alvaro Negredo Stevan Jovetic Fiorentina Sevilla Eduardo Salvio (1) Manchester City Capital One Champions League Premier League Chelsea CSKA Newcastle (1) Manchester City Dortmund Mario Götze Isco Edin Dzeko (1) Manchester City Etihad Airways Bussiness negócios (1) Manchester City Etihad Campus Etihad Stadium Sheikh Mansour Premier League (1) Manchester City Etihad Stadium Premier League (2) Manchester City Fernandinho Premier League Champions League Manchester United Derby Shakhtar Entrevista (1) Manchester City Fernandinho Shakhtar Premier League Season 2013/14 Contratações Manuel Pellegrini (3) Manchester City Ferran Soriano Malaga Manuel Pellegrini New York City (1) Manchester City Hong Kong Champions League Camisa Away (1) Manchester City Ladies (1) Manchester City LG Etihad Stadium Etihad Campus (1) Manchester City Maicon Roma Serie A Premier League (1) Manchester City New York Yankees New York City Major League Soccer MLS NYCFC (1) Manchester City Portugues Site Ferran Soriano (1) Manchester City Racing Club Bruno Zuculini Argentina (1) Manchester City Real Madrid Isco Pellegrini (1) Manchester City Sevilla Jesus Navas Manuel Pellegrini Ferran Soriano Temporada 2013/14 Premier League (1) Manchester City Sheikh Mansour Etihad Campus Etihad Stadium Fernandinho Jesus Navas New York City Transferências (1) Manchester City Tour Nelson Mandela África do Sul (1) Manchester City Transferências Premier League Deadline Day Jovetic Barry Everton Fernandinho Negredo Navas (1) Manchester United (56) Mancini (27) Manoel Pellegrini (1) Manuel Pellegrini (15) Manuel Pellegrini Manchester City Roberto Mancini David Silva (1) Marc Vivien Foe (1) Marco (1) Marcos Lopes (2) Mario Balotelli (42) Mário Balotelli (10) Mário Balotelli. (2) Mario Gotze (1) Mark Hughes (23) Marketing e Propaganda (4) Mata (1) Matija Nastasic (12) MCFC (2) McGivern (2) Meias (12) Melbourne Heart (1) Melhor do Mundo (1) melhor jogador do mês (1) Mercado (2) Messi (1) Micah Richards (36) Michael Johnson (8) Michu (1) Milan (8) Milner (29) Mohammad Abu (1) MotM (32) MotM 10/11 (20) MotM 11/12 (4) Mourinho (1) Napoli (9) Nasri (27) Nastasic (3) Natalie Pike (1) Negredo (1) Negredo. (1) Neil Warnock (1) Neil Young (1) Newcastle (6) NextGen (1) Neymar (1) Nielsen (2) Nigel De Jong (11) Nike (2) Nir Biton (1) Noel Gallagher (3) Norwich (6) Norwich City (3) Notas (2) Nova Era (1) Numeração Plantel 10/11 (1) Oasis (11) Oitavas de final da Carling Cup (1) Old Trafford (1) Onuoha (5) Opinião (37) Oscar (2) Ozil (1) Pablo Zabaleta (9) Pablo Zabaletta (6) Parceria (1) Pellegrini (4) Peter Crouch (1) Petrov (4) Pizarro (6) Platt Lane (3) Polêmicas (7) Pontos Perdidos (1) Porto (9) Pós-jogo (5) Pré-Temporada 08/09 (6) Pré-Temporada 09/10 (4) Pré-Temporada 10/11 (15) Pré-Temporada 11/12 (4) Pré-temporada 12/13 (12) pré-temporada 13/14 (2) Pre-temporada Pre-Season Manchester City Manuel Pellegrini Jesus Navas David Silva Fernandinho Premier League 13/14 (1) Premier (1) Premier Academy League (1) Premier League (160) Premier League 07/08 (6) Premier League 08/09 (3) Premier League 09/10 (8) Premier League 10/11 (46) Premier League 10ª rodada (3) Premier League 11/12 (76) Premier League 12/13 (25) Premier League 13/14 (3) Premier League 14/15 (1) Premier League 1ª rodada (1) Premier League 2012/2013 (12) Premier League 2013/2014 (19) Premier League 2014-15 (1) Premier League 29ª rodada (2) Premier League 31ª rodada (2) Premier League 33ª rodada (1) Premier League 34ª rodada (1) Premier League 6ª rodada (3) Premier League Premier League 13/14 Manchester City Manchester United Everton Tottenham Newcastle (1) Premier League sub-21 (1) Premier League. (3) Preview (41) Projeto do Sheik (54) Promoção Blog Man City (4) PSG (4) QPR (7) Radames Falcão (1) Rafa Benitez (4) Ratings (1) Rayo Vallecano (1) Reading (1) Real Madrid (13) Recordar é viver (1) Renovação de contrato (4) Responsabilidade Social (1) Retrospectiva 2011/12 (11) Retrospectiva da temporada (11) Richards (10) Rio Ferdinand (1) Roberto Mancini (194) Roberto Mancini Manchester City Gazzetta Dello Sport (1) Roberto Mancini Manchester City MEN Gazzetta Dello Sport (1) Robinho (27) Roma (1) Roman Abramovich (1) Roque Santa Cruz (1) Rumores (4) Rumours (2) Saint Etienne (1) Samir Nasri (33) Santa Cruz (14) Santiago Bernabéu (1) Savic (12) Scapuzzi (2) Scott Sinclair (10) Seleção Argentina (1) Seleção Brasileira (1) Seleções (4) Sergio Aguero (62) Shakhtar Donetsk (1) Shaun Goater (1) sheikh mansour (15) Silva (17) Sky Sports (1) Sneijder (2) Soccer City in the Community (1) Southampton (6) Sporting Lisboa (3) St Mary's Stadium (2) St. Mary's Stadium (1) Stadium of Light (2) Stamford Bridge (3) Stevan Jovetic (9) Stoke City (13) Stuart Taylor (2) Sturridge (2) Suarez (2) Sub-18 (1) summer transfers (2) Sunderland (11) Super Sunday (1) Swansea (13) SWP (8) Sylvinho (3) Taison (1) tecnologia móvel (1) Temporada 2012/2013 (3) Temporada 2013/2014 (2) Tevez (132) The Hawthoms (1) Thiago Silva (3) Thomas Muller (1) Tottenham (18) Toure (7) Toure's (3) Transferência (1) Transferência 08/09 (5) Transferência 10/11 (17) Transferências (23) Transferências 11/12 (11) Transferências 12/13 (14) Txiki Begiristain (3) Txiki Berigistain (1) UCL (5) UCL 1ª rodada (1) UEFA (7) UEFA 12/13 (2) UEFA 13/14 (4) UEFA Chamipons League (1) UEFA Champions League (27) UEFA Europa League (1) UEL (1) Umbro (2) Uniforme (1) Uniforme 2010/2011 (3) Uniforme 2011/2012 (2) Uniforme Novo (1) United (9) Valência (1) Van Persie (5) Viagogo (1) Vidal (1) Vídeo 11/12 (1) Vídeos (3) Vieira (21) Viktoria Plzen (5) Villarreal (4) Villas Boas (1) Vincent Kompany (35) Vydra (1) Wabara (1) Walcott (1) Watford (2) Wayne Bridge (1) Wayne Rooney (4) WBA (2) Weidman (1) Weiss (5) Wembley (5) Wenger (1) West Bromwich (7) West Ham (13) Wigan (11) wilshere (2) Wolves (3) Wright-Phillips (15) Wright-Phillips e Santa Cruz (1) Yaya (11) Yaya Toure (120) York (1) Zabaleta (38) Zacharias Faour (1) Zola (1)