segunda-feira, 30 de abril de 2012

City é líder da Premier League ao vencer United


No clássico derby o Manchester City saiu vitorioso na partida pela 36ª rodada da Premier League. O resultado não foi a goleada de 6 a 1 no Old Trafford, mas teve um forte gosto de triunfo. Com o empate de 83 pontos na tabela os Blues assumem a liderança graças aos 8 gols a mais que o Manchester United. O capitão Kompany foi o autor do único gol da partida, marcado nos acréscimos do primeiro tempo.

Os Reds se mantiveram na defensiva durante todo o primeiro tempo. Para não se expor o United ficava fechado, com boa parte do time dentro da área. Enquanto isso, o City se mostrava mais agressivo. Conseguia avançar muito rápido, mas tinha dificuldade em elaborar boas trocas de passe na área do rival.

Na primeira metade do jogo Nasri mereceu destaque pela atuação. Aos 16 minutos o francês começou a fazer a ótima troca de passes que manteve ao longo da partida. Como a defesa do United estava muito fechada, era difícil furar o bloqueio e conseguir finalizar. Nasri passou a bola para Tevez, mas o argentino não conseguiu alcançar.

Aos 19 minutos saiu o primeiro cartão amarelo da partida. Kompany derrubou Rooney, que constantemente reclamava com o juiz da forte marcação dos Citizens.

Kun Aguero também se destacou pele desempenho. Mesmo com toda insistência não conseguiu marcar. Aos 25 minutos o argentino podia ter aberto o placar, mas chutou alto demais. O sogro Diego Maradona, que foi ao Etihad acompanhar a partida, ficou apreensivo com o lance.
Ao longo do primeiro tempo foram mais tentativas. Aos 35 minutos Aguero chutou novamente para fora. Um minuto depois, Zabaleta deixou fácil para o goleiro De Gea defender. O United permanecia fechado dentro da área.

O City aproveitou os 2 minutos de acréscimo. Kompany marcou o único gol da partida aos 46 minutos. O capitão dos Blues cabeceou o escanteio cobrado por Silva.
Durante o segundo tempo a postura do City continuou a mesma. O time insistiu em atacar e tentar ampliar. Já os Reds tiveram que sair do sistema defensivo e arriscar o empate. Os Blues conseguiram frear o contra-ataque.

A saída de Tevez para De Jong entrar foi a primeira substituição feita por Mancini, que mexeu na equipe aos 67 minutos.

Yaya também começou a insistir para ampliar o placar. Mesmo com chutes distantes do gol, deixa De Gea apreensivo. O marfinense conseguia furar o bloquei do United, mas tinha dificuldade em finalizar. Aguero também persistia em marcar e assustou, aos 77 minutos, ao acertar a bola do lado de fora das redes dos Reds.
Mancini voltou a mexer no time aos 82 minutos e colocou Micah Richards no lugar de Silva. Dez minutos depois, Nasri saiu para dar lugar a Milner.

Os 5 minutos de acréscimo nunca demoraram tanto para passar. O City não tentou segurar a bola. Os anfitriões queriam aproveitar o tempo para marcar. Os Reds tentavam contra atacar, mas não conseguiam se organizar para o empate.

O City assumiu a postura certa ao longo de todo o jogo. O time se manteve ofensivo e com vontade de marcar para voltar a liderança. Tanto insistiu que regressou ao topo da tabela. Depois de alguns tropeços ao longo do caminho agora falta pouco para colocar as mãos na taça da Premier League. Neste domingo (6), é a vez de jogar contra o Newcastle. A final será disputada no Etihad Stadium contra o Queens Park Rangers, no dia 13 de maio.

domingo, 29 de abril de 2012

Manchester City x Manchester United - Preview






 Barclays Premier League - 36ª rodada
Local: Etihad Stadium
Data: Segunda - 30/04/12
Horário: 16:00 (Brasília)
Transmissão: ESPN Brasil e ESPN HD
Árbitro: A. Marriner

Histórico do confronto:

Jogando em casa:

City: 22 vitórias
United: 26 vitórias
Empates: 24 
City marcou 102 gols

Em todas as partidas:

City: 44 vitórias
United: 67 vitórias
Empates: 50
City marcou 218 gols.

Com apenas três jogos para o final do campeonato, o City terá uma das partidas mais importantes da história: o jogo contra o United decidirá quem estará mais perto do título. United continua na frente com 83 pontos e o time de Mancini vem logo atrás com 80 pontos. 

Se o City vencer, chegará ao mesmo número de pontos que o Manchester United, mas ficará em primeiro colocado, graças aos saldos de gols, que neste momento o favorece com seis gols a mais que os Red Devils.

Os jogadores vêm muito embalados pelos últimos jogos, três vitórias consecutivas, com treze gols no total. Enquanto o United conseguiu apenas quatro pontos em nove disputados. Esses jogos foram os que fizeram com que o City voltasse a disputa pelo troféu, e acreditasse que é possível tirar esse título do lado vermelho de Manchester.

O jogo:

-Micah Richards volta a jogar, depois de se recuperar de lesão. Zabaleta, que ocupou essa vaga durante a lesão de Micah, volta para o banco.

-Mario Balotelli está liberado para jogar, depois de cumprir a suspensão de três jogos. Mas Mancini optou de deixar-lo no banco, e conservar a dupla argentina no ataque.

-Vidic, Fletcher, e Anderson, são os jogadores que vêm com lesões graves, e a alguns jogos não são relacionados para o time de Ferguson.

-Nani torceu o tornozelo no treinamento, por isso, é dúvida para o jogo de amanhã.

-Smalling poderá ocupar a vaga do Rafael, depois das duas falhas que o brasileiro teve no jogo contra o Everton, Ferguson está com receio de colocar o jovem jogador.

Curiosidades:

*Wayne Rooney é o vice artilheiro do campeonato, com 26 gols, e vem seguido pelo citizen Sergio Aguero, que já gritou gol 22 vezes.

*Nesta temporada, o City venceu 21 de 22 jogos disputados no Etihad.

*Faz cinco anos que o City não marca gols em casa contra o United, em jogos da Premier League.

*Nesta temporada, os dois times se enfrentaram no Old Trafford na 9ª rodada. O City goleou o United por 6 a 1.

Prováveis Escalações: 

City: Hart, Micah Richards, Kompany, Lescott, Clichy, Yaya Toure, Barry, Silva, Tevez, Nasri, Aguero.

United: De Gea, Smalling, Ferdinand, Evans, Evra, Valencia, Carrick, Scholes, Nani, Rooney, Welbeck.



sábado, 28 de abril de 2012

Etihad Stadium: lar doce lar

Nesta segunda, dia 30 de abril, o Etihad Stadium recebe o clássico confronto entre Manchester City e Manchester United. Como todo mundo já está cansado de saber, a partida é praticamente decisiva para saber quem vai erguer a taça de campeão da Premier League nesta temporada. Depois da vitória do City contra o Wolverhampton e o empate entre o United e o Everton, a disputa pelo título ficou mais acirrada.

Jogar em casa tem suas vantagens. A forte presença da torcida durante o jogo e a preocupação em mostrar que o anfitrião é quem manda no gramado impulsionam o dono do estádio a fazer um trabalho além do melhor. O Manchester City merece destaque pela ótima campanha nas partidas disputadas no Etihad Stadium. O time é o único da temporada a estar invicto em casa, tendo sofrido só um empate - no jogo contra o Sunderland, na 31ª rodada.

Das 17 partidas disputadas em casa, somente em 3 jogos – contra o Arsenal, Tottenham e Chelsea - o placar ficou apertado com a diferença de somente 1 gol. O restante pode ser dividido em bons resultados e ótimas goleadas.
Se os Blues mantiverem o bom ritmo de jogo, uma nova vitória está a caminho. E nem adianta vir bater pé e fazer cara feia. O desenvolvimento do City não é justificado com teorias, mas com resultados. Quer ver?

1ª rodada – Manchester City 4 X 0 Swansea City

4 ª rodada – Manchester City 3 X 0 Wigan

6ª rodada – Manchester City 2 X 0 Everton

8ª rodada – Manchester City 4 X 1 Aston Villa

10º rodada – Manchester City 3 X 1 Wolverhampton

12ª rodada – Manchester City 3 X 1 Newcastle

14ª rodada – Manchester City 5 X 1 Norwich City

16ª rodada – Manchester City 1 X 0 Arsenal

17ª rodada – Manchester City 3 X 0 Stoke City

20ª rodada – Manchester City 3 X 0 Liverpool

22ª rodada – Manchester City 3 X 2 Tottenham

24ª rodada – Manchester City 3 X 0 Fulham

26ª rodada – Manchester City 3 X 0 Blackburn

27ª rodada – Manchester City 2 X 0 Bolton

29ª rodada – Manchester City 2 X 1 Chelsea

31ª rodada – Manchester City 3 X 3 Sunderland

33ª rodada – Manchester City 4 X 0 West Bromwich

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Relembre: City vence United e vai a final da FA Cup



Emocionante! Essa é a palavra que define o confronto entre Manchester City e Manchester United pela semifinal da FA Cup 2010/11, no estádio de Wembley. Com gol de Yaya Touré, o City carimbou a passagem à final do torneio, da qual se sagrou campeão após 42 anos. O embate épico teve a presença de mais de 86 mil torcedores, maior público na história do clássico.

As duas equipes brigavam por objetivos distintos. O City tentava chegar à final depois de 30 anos sem disputar a decisão e não podia contar com o zagueiro Kolo Touré, suspenso por doping, e com o atacante Carlitos Tevez, contundido. Já o United lutava para conquistar a tríplice coroa, pois estava prestes a conquistar o Campeonato Inglês e disputava a semifinal da Champions League. Os diabos vermelhos não podiam contar com o seu principal jogador, Wayne Rooney, suspenso.

O jogo pode ser definido em dois períodos distintos. No primeiro tempo, o United começou melhor. Berbatov deve duas boas chances de abrir o marcador, mas parou no goleiro Joe Hart. No decorrer da primeira etapa, os comandados de Alex Ferguson tiveram mais posse de bola, mas não conseguiram transformar em chances de gol e sofreram com a pressão dos Citizens nos minutos finais, que por muito pouco não conseguiram ir para o intervalo com vantagem no placar.

Na segunda etapa, o City voltou com tudo para decidir o jogo e passou a sufocar a saída de bola do rival. Aos 7 minutos, Carrick não conseguiu dominar a bola, na cabeça da área. Yaya Touré roubou a bola, invadiu a área e tocou com categoria na saída de Van der Sar para fazer o gol da vitória do Citizens.

Mesmo na frente do marcador, o City continuou no ataque e não permitia que o United crescesse no jogo e ainda desperdiçou boas chances de aumentar o marcador. O time de Alex Ferguson passou a apostar nos contra-ataques e nas bolas paradas, em uma delas, Nani cobrou falta da entrada da área. Hart se esticou e deu um leve toque na bola, que ainda bateu no travessão.

Quando estava mais próximo do gol de empate, o United sofreu uma baixa importante. Paul Scholes dividiu com Zabaleta e recebeu o cartão vermelho, deixando os Red Devils com apenas dez jogadores. Mesmo em desvantagem numérica, o United melhorou em campo e se lançou ao ataque, mas não conseguiu superar o sistema defensivo do City, que depois de 30 anos, voltou a disputar uma final de FA Cup.

A vitória sobre o principal rival deu ânimo a torcida do City, que estava eufórica para soltar o grito de campeão depois de 42 anos. Na final, o Citizens tinham pela frente o Stoke City, um adversário “teoricamente” mais fraco. Ao contrário do que muitos pensavam, o jogo foi muito difícil e acabou sendo decidido nos detalhes.  Com gol de Yaya Touré, os Citizens venceram o jogo por 1 a 0 e saíram de campo com o título da competição, pondo fim a um jejum de mais de quatro décadas.

Manchester City 1 x 0 Manchester United
Estádio de Wembley, 16 de abril de 2011
Arbitro: Mike Dean
Público: 86. 549 pessoas
Gol: Yaya Touré, aos 7 minutos do segundo tempo (City)
Cartões vermelhos: Scholes (United), aos 27 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Kompany, Zabaleta, De Jong e Balotelli (City)
Manchester City: Hart; Zabaleta, Kompany, Lescott, Kolarov; Barry, De Jong, Adam Johnson (Wright-Phillips), David Silva (Vieira), Yaya Touré e Balotelli. Técnico: Roberto Mancini
Manchester United: Van der Sar; O'Shea (Fábio), Ferdinand, Vidic, Evra; Scholes, Carrick, Nani, Park Ji-Sung, Valencia (Hernandez) e Berbatov (Anderson). Técnico: Alex Ferguson.


Texto escrito por Alisson Freitas

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Os 5 melhores derbies favoráveis ao City na história

Como todos sabem, esta segunda teremos o derby da cidade de Manchester, entre City e United. Em campo, além da rivalidade, está o título inglês visto que o vencedor do embate tem tudo para se consolidar na liderança e caminhar rumo ao triunfo máximo na Premier League.

Contudo, este grande clássico, que teve os primeiros jogos realizados no final do século XIX, quando o Manchester United ainda era chamado de Newton Heath, possui uma das mais belas histórias do futebol mundial e já reuniu confrontos simplesmente espetaculares. Aqui, fizemos um top 5 dos derbies que terminaram de maneira favorável aos Sky Blues, visto que este é o nosso maior foco.

1971 - City 3 x 3 United (Division One)


Em uma época que ainda não havia a Premier League e a elite do futebol inglês era conhecida como Division One, o City teve uma verdadeira atuação de guerreiro. Com mais de 60 mil pessoas no Maine Road, os citizens lutaram até o fim e reverteram uma diferença que chegou a ser de 2 gols em um heroico empate. Entre os destaques, um grande gol de Colin Bell pelo City, além das discussões de Alex Sthephney e Francis Lee com George Best.

1974 - United 0 x 1 City (Division One)



Dennis Law foi um dos maiores ídolos da história do Manchester United e um dos poucos jogadores a terem a coragem de jogar nos dois grandes clubes da cidade. Na temporada 62/63, o atacante então com a camisa dos Red Devils marcou um gol em um dérbi que acabou por decretar o rebaixamento do City para a divisão de acesso da Inglaterra, porém, no ano de 74, Law jogando com a camisa dos Sky Blues marcou um gol de letra que acabou por decretar o rebaixamento do seu antigo clube. O jogador não comemorou o tento.

1989 - City 5 x 1 United (Division One)



Em campo. um jogo equilibrado até que uma confusão no estádio de Maine Road forçou uma pausa de aproximadamente 10 minutos. Após a situação ser consertada, ambas as equipes voltaram ao gramado, no entanto, a situação do jogo foi outra totalmente diferente. O City assumiu o controle total da partida e humilhou seu maior rival, com direito a um belíssimo gol de bicicleta assinalado por Mark Hughes. Já técnico do United, Sir Alex Ferguson classificou tal revés como uma das mais constrangedoras derrotas de sua carreira.

2001 - City 3 x 1 United (Premier League)


No último derby realizado no lendário estádio de Maine Road, o City conseguiu uma marcante vitória sobre o United que ainda quebrou um tabu de 13 anos sem vitória dos citizens em clássicos. O grande destaque da partida foi Shaun Goater que marcou dois gols e comandou sua equipe a tão épica vitória.

2011 - United 1 x 6 City (Premier League)



No mais recentes de todos os derbies mostrados aqui e ocorrido no primeiro turno da atual edição da Premier League, o City simplesmente deu um show contra o United em pleno Old Trafford. Em um jogo completamente inesquecível, os citizens mostraram que os Red Devils não eram mais os donos de Manchester e que a equipe tinha tudo para se consolidar de vez no hall dos grandes clubes do futebol inglês.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Sérgio Agüero x Wayne Rooney: Batalha de Gigantes


A tão aguardada partida decisiva da Premier League está se aproximando. O Manchester City recebe seu eterno rival Manchester United na próxima segunda-feira em um jogo eletrizante que pode decidir qual dos dois será o campeão.

No clássico, um duelo à parte de dois gigantes. De um lado, o argentino Sérgio Agüero, autor de 22 gols na competição. Do outro, o polêmico inglês Wayne Rooney com 26 gols. Os artilheiros dos clubes entrarão em campo dispostos a brigar pelo título, aumentar seus números de gols e escrever seus nomes na história dessa partida.

Sérgio Agüero

O argentino de 23 anos chegou ao Manchester City em julho de 2011 após deixar o Atlético de Madrid em uma transação de 45 milhões de euros. O atacante veste a camisa 16 do City e desde que chegou marcou 29 gols. Há rumores que o jogador seja alvo do Real Madrid, mas o City nega a saída dele no fim da temporada.        


Casado com a filha de Diego Maradona, Aguero é considerado mais tranquilo em relação ao seu adversário, apesar de não fugir de pequenas polêmicas como a misteriosa lesão que o deixou de fora da lista de Mancini em um momento importante do campeonato. O sonho do City em conquistar o título passa pelos pés de Aguero e não há torcedor que não sinta sua falta quando ele está no banco de reservas. Com ele, tudo fica mais fácil principalmente quando ele acha um atalho que o leva ao caminho do gol.

Ficha:
Nome: Sérgio Leonel Agüero del Castillo                   
Nacionalidade: Argentina
Nascimento:02/06/1988
Posição: Atacante
Altura: 1,73
Peso: 77Kg

Na temporada:
45 Jogos, 30 vitórias 5 empates 10 derrotas
Gols Marcados: 29
Última Derrota: 09/04/2012 vs Arsenal 1-0
Última Vitória: 22/04/2012 vs Wolverhampton 0-2
Venceu 5 dos últimos 6 Jogos
Empatou apenas 1 dos últimos 21 Jogos
Melhor série de vitórias: 7 Jogos

Características: Habilidade, potência e agilidade no raciocínio das finalizações são suas principais armas.

Wayne Rooney

O inglês de 26 anos deixou o Everton e se juntou ao Manchester United em agosto de 2004. Aos 18 anos, ele era o jogador jovem mais bem pago – 20 milhões de Libras.

Além de sua velocidade e precisão, o mimado Rooney também é conhecido por seu temperamento explosivo em campo e fora dele. Está sempre envolvido em discussões dentro de campo, recebendo cartões, suspensões e abusando de reclamações.  Sem contar as declarações polêmicas e até discussões virtuais com um internauta via Twitter.

Ficha:
Nome: Wayne Mark Rooney
Nacionalidade: Inglaterra
Nascimento: 24/10/1985
Posição: Atacante
Altura: 1,77
Peso: 78Kg

Na temporada:
40 jogos, 29 vitórias 5 empates,  6 derrotas
Gols Marcados: 34
Última Derrota: 2012-04-11 vs Wigan Athletic 1-0
Última Vitória: 2012-04-15 vs Aston Villa 4-0
Venceu 6 dos últimos 7 Jogos
Empatou 1 dos últimos 13 Jogos
Melhor série de vitórias: 5 Jogos

Características: Rooney é um atacante de força que encara a marcação com eficácia e é quase sempre preciso nas finalizações.


Cada um com seu jeito diferente de se comportar em campo e fora dele, ambos possuem uma ambição em comum: o título dessa Premier. O troféu, no entanto, vai parar nas mãos de apenas um deles. Qual é a sua aposta?

terça-feira, 24 de abril de 2012

Recordar é viver


O Manchester City pode ser dividido em A.S (antes do Sheikh) e D.S (depois do Sheikh). A era antes do Sheikh, como todo mundo sabe, foi uma época sofrida, mas felizmente já passou e não estamos aqui para lembrá-la. Da época A.S iremos lembrar apenas dos bons momentos, como foi essa memorável vitória sobre o United no dia 9 de novembro de 2002 por 3-1.

O derby em questão foi o último no nosso antigo estádio, o lendário Maine Road. E tá aí mais um motivo para Shaun Goater e companhia fazerem história. O City tinha acabado de voltar pra Premier League, apos ser campeão da segunda divisão na temporada 2001/2002, e fazia uma ótima temporada, inclusive brigando por vaga na antiga Uefa Cup, hoje Uefa Europa League. Vaga que ainda conseguimos.

O City tinha um time limitado, mas com dois bons atacantes: Shaun Goater e Anelka. E o nosso treinador era Kevin Keegan. O United por sua vez tinha um time recheado de estrelas, que foram para Maine Road e tomaram um baile do City.


Confira as escalações:
City: Peter Schmeichel*, Sun Jihai*, Gerard Wiekens, Lucien  Mettono, Richard Dunne*, Nichlas Jensen, Danny Tiatto, Eyal Berkovic, Marc-Vivien Foe*, Nicolas Anelka* e Shaun Goater*.

Destaquei esses jogadores para mostrar como o time era limitado e tínhamos um ou outro conhecido. Alguns nem tanto na época mas que hoje nós lembramos, como Sun Jihai que jogou no City até 2008, um lateral-direito muito limitado mas que os torcedores lembram com carinho por ter feito parte da história do clube, mesmo sem título mas com disposição. Richard Dunne é o nosso ex-capitão, que foi outro que honrou a camisa do City sempre que jogou. Talvez o mais conhecido de todos seja o goleiro Peter Schmeichel, que foi um dos maiores goleiros da história do futebol mundial, também jogou pelo United e é pai do nosso ex-goleiro Kasper Schmeichel. Os atacantes, como eu mencionei antes, eram Anelka e Goater, talvez os grandes destaques do nosso time. E por último deixo para relembrar Marc-Vivien Foe, jogador camaronês que estava emprestado ao City e que faleceu durante uma partida na semifinal da Copa das Confederações contra a Colômbia. Foé usava a camisa 23 no City e a camisa foi aposentado em um ato de respeito do clube.

E o United foi a campo com:
Barthez, Gary Neville, Silvestre, Ferdinand, Phil Neville, Laurent Blanc, Scholes, Veron, Solskjaer, Giggs, Nistelrooy.

Voltando a falar sobre a partida, o City começou avassalador, logo aos 5 minutos Anelka roubou a bola e deixou Goater na cara do gol que finalizou de canhota, Barthez fez bela defesa e a bola sobrou para Anelka terminar a jogador que ele mesmo começou e abrir o marcador. O United empatou logo depois com Solskjaer. Aos 26 minutos Gary Neville (otário!!!!!) tentou proteger uma bola na linha de fundo e fez uma bela de uma lambança, Shaun Goater conseguiu pegar a bola e finalizar com classe, sem chances para Barthez. Os 34,649 torcedores presentes no Maine Road foram a loucura, pois Gary Neville é um dos jogadores mais odiados pelos torcedores do City. O City continuava melhor na partida e aos 50 minutos, após bela troca de passes a bola sobrou pra Shaun Goater marcar novamente um lindo gol. Um presente pros torcedores do City.

Abaixo os gols do City:


A temporada 2002/2003 foi uma das mais importantes pros torcedores e pro clube. O City voltava pra Premier League, conseguiu a classificação pra Uefa Cup terminando em 9º no campeonato inglês, uma classificação muito boa para um clube que volta pra primeira divisão, no Old Trafford conseguimos um empate por 1-1 com gol de Shaun Goater também, e no derby de despedida do Maine Road vencemos por 3-1 dando um show no nosso rival.

Proud to be a blue!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

O jogo não acabou



Como sabemos no futebol as coisas são muitas vezes extremamente cíclicas, dinâmicas. O momento, o ambiente, os prognósticos futuros mudam de um ponto há outro muito rapidamente, a toda semana. Basta uma rodada, um resultado inesperado e nos vemos em outra situação.

Foi assim nestes últimos tempos na Premier, há algum tempo tínhamos uma vantagem bem considerável dos nossos rivais, um bom futebol e etc., o título parecia algo inevitável e fácil, mas mudou...

O futebol caiu, e bastaram algumas rodadas com placares desastrosos, aliada a eficiência habitual dos diabos, e eles lá estavam na nossa cola, independente de merecimento ou não. Para piorar, um olho nos nossos jogos restantes, e uma comparação com os deles nos fizeram temer por uma despedida precoce da briga.

E, para dar um toque apimentado à história, o que temíamos começou a acontecer: voltamos a tropeçar nas batalhas mais difíceis, paramos de render e eles abriram vantagem de oito pontos. Para grande parte uma grande desilusão, e uma munição para criticas, o derby que tanto prometia parecia virar uma mera entrega de faixas a eles, nada mais decepcionante.

Mas então, o que são três jogos? Em apenas três partidas a situação começou a se reverter, as boas partidas do City retornaram, Tevez retornou e apresentou o ótimo futebol que conhecemos, o ataque encantador do inicio voltou a destruir defesas, em resumo, voltamos a ser convincentes! Em contrapartida, foi à vez de eles perderem pontos em partidas dadas como ganhas: derrota para o Wigan, incaível, mas sem dúvidas um dos times mais fracos, e empate contra o Everton, dentro de Old Trafford, nesta última rodada. E a diferença caiu para três...

Com todo este enredo, o derby voltou a ter proporções estimulantes e angustiantes, os diabos pegam um rival em alta na sua casa, onde não perdeu uma partida no campeonato, e terá que evitar a derrota. O City vem com o objetivo de vencer ou vencer, para retornar ao primeiro posto, já que tem uma vantagem no saldo. É tudo que os fãs em geral esperavam, mas que até então parecia ser algo distante.

É bom alertar para não irmos cantando vitória, estamos animados é claro, mas sabemos como são clássicos, eles não deixaram de ser perigosos e fortes, e lembrando que ainda estão com a vantagem, são líderes... Mas, duas coisas são bem certas: chegamos novamente, e dia 30 nossos corações baterão mais fortes, com toda a certeza!

Ah, o título é só um aviso para Ferguson e Cia...

domingo, 22 de abril de 2012

City vence o Wolverhampton e fica mais próximo do título


A 35ª rodada da Premier League reavivou o Manchester City no campeonato. Os Blues venceram por 2 a 0 contra os Wolverhampton, na partida disputada no Molineux Stadium. Aguero abriu o placar aos 27 minutos e Nasri marcou aos 73. Além da vitória merecida, os Citizens foram beneficiados pelo empate do Manchester United no jogo contra o Everton.

Em menos de 1 minuto Tevez já mostrava que estava com vontade de repetir a boa partida que fez contra o Norwich, em que marcou 3 gols. O argentino tentou marcar logo após o jogo ter início. A rapidez foi uma pequena amostra do gás que o Manchester City manteria ao longo do primeiro tempo. Os Blues se mantiveram mais organizados no ataque e pouco davam espaço para o avanço dos Wolves. Em momentos específicos havia contra ataque do Wolverhampton. Hart fez bela defesa aos 13 minutos do chute de David Davis.

Aos 15 minutos Nasri quase abriu o placar ao chutar cruzado após ter recebido de David Silva. A bola passou bem próxima da trave. Cinco minutos depois, foi a vez de Aguero arriscar. O argentino também chutou cruzado, mas a bola passou mais afastada.

Depois da insistência Aguero conseguiu fazer o gol. Clichy aproveitou o bom posicionamento do argentino e passou a bola. O placar foi aberto aos 27 minutos.
Os Blues mantiveram o ritmo durante o primeiro tempo, mas perderam um pouco de espaço para os Wolves, que buscavam o empate para tentar fugir do rebaixamento.

No segundo tempo o Wolverhampton ganhou posse de bola, mas o Manchester City ainda dominava a partida. Os Blues conseguiam fazer ataques mais rápidos e ameaçar o adversário. Embora os Wolves contra atacassem, a defesa do City fazia um bom trabalho.

Aos 73 minutos Tevez sofre uma falta. Ele mesmo cobrou e após uma rápida troca de passes o argentino chutou para Nasri que finalizou com chute cruzado. Logo depois de ter dado a assistência para o segundo gol, Tevez saiu para dar lugar a Adam Johnson aos 74 minutos.
AJ mal entrou em campo e quase fez um gol. O ritmo ficou bem acelerado no fim da partida. Yaya Touré também tentou ampliar o placar. E Aguero insistia em marcar.

Essa vitória deu outro tom à partida a ser disputada no dia 30 de abril contra o United. Agora, três pontos de diferença separam os Reds dos Blues. Uma grande vantagem do City é que o jogo será no Etihad Stadium, onde, até agora, os Citizens não perderam. Mais do que nunca é preciso manter a invencibilidade em casa. O empate na pontuação favorece o Manchester City, que tem o saldo de gols superior ao do United. E, é claro, queremos ver o 6 a 1 novamente.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Um herói que (ainda) não faz gols


Manchester Evening News

É certo que dificilmente Joe Hart será eleito Jogador do Ano da Premier League, mas ele é um dos grandes favoritos para ganhar o prêmio próprio dado pelo City.

Hart, que completou 25 anos nesta última quinta-feira, é avaliado nas cotações em 25-1 para levantar o prestigiado prêmio PFA no Grosvenor House, em Londres no domingo. O grande favorito é Robin van Persie.

Além do holandês dos gunners, o goleiro terá como concorrentes os companheiros David Silva e Sergio Aguero, além do mimado Wayne Rooney  e Scott Parker, do Tottenham.

Companheiro e um dos constituintes da linha de defesa azul, Lescott destacou Joe como uma peça-chave na temporada incrível da Cidade. Afinal, o que seriam o turbilhão de gols de Aguero e cia se não existisse alguém confiável lá atrás?

Confiável, esta é a palavra. Hart já acumulou 14 jogos sem sofrer gols, os clean sheets, fato em que não é superado por ninguém , colocando-se a frente de Tim Krul (13), do Newcastle.  Então, está a caminho de vencer o prêmio Luva de Ouro pelo o segundo ano consecutivo - depois de ter mantido 17 vezes a meta intacta na temporada passada.

Os jogadores não estão autorizados a votar em companheiros, e Lescott  diz que entregou o seu voto para Van Persie, mas perguntado em quem votaria se não houvesse essa restrição respondeu:

"Se eu pudesse ter, eu teria votado no Joe Hart, para ser honesto"
  
"Eu não tenho dúvida de sua capacidade por um segundo. Ele está recebendo um monte de aplausos e elogios, mas é totalmente merecido pelo que ele faz. "

O que dizer de alguém que assumiu a titularidade com tamanhas responsabilidades, que talvez qualquer outro desmoronaria?

Afinal, depois de uma grande temporada emprestado ao Birmingham, ele voltou e foi bancado por Mancini em detrimento do igualmente ótimo e idolatrado Shay Given. Foi uma decisão polêmica, que muitos não gostaram e acharam injusta, mas Joe veio, ficou, nos salvou inúmeras vezes e mostrou que não devia nada a ninguém, conquistou até o mais fanático fã do irlandês.

As responsabilidades não pararam só no clube, Hart foi designado como a salvação para um problema que não parecia ter mais fim: o gol da seleção inglesa.

Tantos passaram e não se firmaram, não tinham mais esperança de haver um goleiro que honrase a camisa de Gordon Banks e Peter Shilton...

E todo este dilema e pressão veio até ele, mais uma vez agarrou a oportunidade para não soltá-la mais, virou um dos principais nomes também do English Team.

Tudo isto não o fez perder a humildade, admitiu que os frutos colhidos nesta temporada se deviam ao fato de jogar atrás da melhor defesa, não tendo ele nada haver com os períodos sem gols sofridos. 


Isso torna ainda mais importante para um goleiro - especialmente um jovem - para manter o foco, o que nunca foi um problema para o rapaz de Shrewsbury, diz Lescott.

 "Ele não tem problemas em manter a simplicidade de sua concentração, porque é um grande profissional e trabalha duro em seu jogo.”

Não é fácil chegar para um time em crescimento, superar a desconfiança de substituir um grande goleiro e ainda resolver um problema crônico de seu país. E Hart não foi covarde em nenhuma oportunidade de mostrar seu potencial, pelo contrário, ganhando respeito e idolatria. Assim se fazem os grandes, parabéns Joe!



Wolverhampton x Manchester City - Preview




Barclays Premier League - 35ª rodada
Local: Molineux Stadium
Data: Domingo - 22/04/12
Horário: 12:00 (Brasilia)
Transmissão: ESPN Brasil

Histórico do confronto:

Wolverhampton: 41 vitórias
Manchester City: 37 vitórias
Empate: 22 empates

Neste domingo, o Manchester City visita do Wolverhampton, o último colocado da tabela. Mesmo não tendo um bom aproveitamento nos resultados fora de casa, o City é o grande favorito pela sequência de bons jogos, e pela diferença de posições na tabela.

Com cinco pontos na frente, os Red Devils receberão o Everton, antes do jogo do City, ou seja, eles abrirão oito pontos de vantagem, o que dará mais pressão ao jogo dos Citizens. O United é o favorito para o jogo, mas o Everton pode surpreender pela boa campanha que vem fazendo, se mantendo na sétima posição. Mas aconteça o que acontecer no Old Trafford.

Mancini sabe que nada mais nada menos que os três pontos serão necessários na partida do City. Ultimamente, Aguero e Tevez vem fazendo boas atuações juntos, o que nos da esperança que ainda estamos na corrida do titulo, pois ainda está por vir o derby, e a qualquer momento, o United pode tropeçar.

Curiosidades:

*Dzeko, que vem sendo sondado por outras equipes, volta a ser relacionada, já que Mario Balotelli não viaja pois continua cumprindo sua suspensão do jogo contra o Arsenal.

*Wayne Hennessey, e Jamie O'Hara, continuam indisponives, e não foram relacionados por conta de lesões.

*Dorus de Vries fará sua estréia na Premier League, substituindo o goleiro titular Hennessey.

Prováveis Escalações:

Wolves: De Vries; Foley, Stearman, Berra, Ward; Henry, Davis; Kightly, Edwards, Jarvis; Doyle.

City: Hart; Zabaleta, Kompany, Lescott, Clichy; De Jong, Barry; Nasri, Silva; Tevez, Aguero.






quinta-feira, 19 de abril de 2012

As trasmissões de futebol na Terra da Rainha


Como eu havia prometido aqui está o post falando sobre as transmissões na Premier League na Inglaterra.

Aqui na Inglaterra a Premier League não é transmitida em TV Aberta, desde 1992 quando a competição foi revigorada a FA resolveu inovar e vendeu seus direitos de transmissão para a Sky. Quer dizer somente as pessoas que tem TV por assinatura podem acompanhar a Premier.

Pode ser dizer que a Sky é uma das grandes responsáveis pelo crescimento da Premier League. Suas transmissões de formas dinâmicas foi um marco para a televisão naquela época.

 A BBC que é um canal aberto na Inglaterra tem o direito de transmitir apenas o resumo dos jogos, ela faz isso no famoso programa chamado Match of the day que é apresentado sábado e domingo as 22:20pm.

A partir de 2007 a Corte Européia decidiu que a Sky não poderia sozinha transmitir os jogos da Premier porque isso era um monopólio, com isso a Premier começou a vender pacotes, mas mesmo assim a Sky continou tendo o direito da maioria das partidas.

Hoje em dia a Premier League é transmitida pela Sky que tem o direito de transmissões de 115 jogos por temporada e ESPN que tem direito de 36 jogos.

Diferentemente do Brasil onde você pode comprar um pacote pay-per-view e assistir todos os jogos do seu time na temporada sentado no seu sofá, aqui na Inglaterra isso não acontece.

Com medo de esvaziar os estádios a Premier não autoriza a transmissão de todas as partidas na TV. Por exemplo a Sky por ter o pacote com mais jogos tem o direito de 4 jogos por final de semana e também todos os clássicos. Já a ESPN apenas um jogo por semana.

Da próxima vez que voçês verem um estádio inglês lotado não é so porque os ingleses amam o futebol, mas porque também são meio que "obrigados" a estarem ali por não ter as partidas na TV.

A opção de algumas pessoas que não tem TV por assinatura é assistir os jogos num Pub. A maioria dos Pubs ingleses tem o direito de transmitir os jogos da Premier, eles pagam um pacote diferente com um preço maior. Os pubs não cobram nada para você assitir o jogo, é so preciso estar tomando ou comendo algo.

Já tive experiência de assitir jogos em pubs, e posso dizer que é muito tranquilo, nunca vi uma confusão de torcedores. Mas eu considero assitir jogos em pubs em época de Copa do Mundo ou Euro muito melhor, o clima é diferente, e também e sempre bom tirar sarro da cara dos ingleses com o English Team, rsss.

Torcedores num pub assistindo jogo em 3D


Horário das partidas

Na Inglaterra temos jogos nos finais de semana e tradicionalmente na segunda-feira. No sábado as partidas são realizadas as 12:45 am(Sky) e 17:30 pm(ESPN). No domingo as partidas são as 13:30 pm(Sky), 14:00 pm e 16:00 pm(Sky). E na segunda o famoso Monday Night Football as 20:00 pm (Sky).


Algumas partidas são realizadas nos meios de semana, na terça e quarta, mas são muito poucas, isso geralmente acontece por causa da FA Cup ou Carling Cup.


Mas as maiorias das partidas da Premier são realizadas no sábado as 15:00 pm, são geralmente 5 partidas nesse horário, mas nenhuma dessas partidas são transmitidas para a TV.

Mas isso pode mudar a partir da temporada 2013/14 porque muitas pessoas estão preferindo assinar com companhias de TV estrangeiras que tem o direito de transmissão dos jogos as 15:00 pm e também de todos os grandes clubes ingleses.

A Premier League refazendo as contas percebeu que se começarem as transmitir alguns jogos do horário das 15:00, mesmo que haja um esvaziamento do público o dinheiro que receberam da venda dos direitos de transmissão será maior que a perda.

O Jogo em si


As transmissões de futebol na Inglaterra é algo maravilhoso, o profissionalismo é impressionante.

As transmissões são feitas em sinais digitais, HD e nessa temporada também em 3D.

Tenho uma TV 3D e posso afirmar que é muito bom assistir jogos nessa plataforma, interessante e divertido.

Geralmente as trasnmissões começam 30 minutos antes da partida, as vezes até 60 minutos antes dependendo da importância do jogo. A Sky sempre monta um estúdio no estádio onde vai acontecer a partida, e no abre jogo tem sempre um apresentador e 2 ou 3 convidados que aqui são chamados de pundits.

Redknapp e Gullitt fazendo trabalho de pundit no Stamford Bridge


A função dos pundits é fazer o abre jogo, os comentários do intervalo e análise do resultado final da partida.

A narração da partida é completamente diferente do que vemos no Brasil. Existe uma interatividade entre o narrador e o comentarista. Na terrinha você pode contar nos dedos quantas vezes um Cassagrande, Neto, Lédio Carmona entram para falar algo da partida. Na Inglaterra o comentarista pode entrar para fazer falar a hora que desejar, o microfone dele sempre está aberto.

Você também não ouvirá o narrador dizendo toda hora: "A bola agora está na esquerda, Aguero abre para Nasri que toca para Silva." O narrador não narra praticamente todos os lances da partida como no Brasil. Como disse anteriormente ele e o comentarista analisam muito a partida técnicamente e taticamente, dão informações. E algo que me deixa muito feliz é que você nunca verá eles cornetando um jogador ou treinador, a ética sempre em primeiro lugar.

Sinceramente eu já não consigo assistir uma partida de futebol com narração brasileira. Como dizem os ingleses e hoje concordo, é muita gritaria e pouca informação.

Espero que com esse post tenho conseguido mostrar um pouco como é o futebol aqui na Terra da Rainha.

Brevemente vou escrever mais posts contando como é ir ao um estádio aqui, experiências vididas, sei que muitos de vocês tem curiosidade de saber.


terça-feira, 17 de abril de 2012

Temporada 2012/13



Premier chegando ao fim apenas mais quatro rodadas e os planejamentos e rumores já começam para a temporarada 2012/13.

Nessa temporada o City agiu muito errado nas contratações, não pelos jogadores que vieram, mas sim pela demora de finalizar os acordos.

Mancini tinha dito ao Garry Cook que desejava todos os jogadores contratados na Pré-temporada, mas isso não aconteceu, Nasri por exemplo só chegou no final de Agosto com o campeonato já em andamento.

Isso deixou Roberto Mancini muito furioso porque o United tinha fechado todas as suas contratações no  começo de Julho.

Parece que o City aprendeu, até porque o Garry Cook já não está mais na diretoria, mas percebe-se movimentos nos bastidores de possíveis jogadores na equipe, comissão técnica analisando seus alvos.

O Manchester City por toda a sua grana sempre será alvo de rumores, todos os jornais vão tentar colocar todos os jogadores no mundo na equipe, então não acreditem em tudo que aparecer na mídia. A verdade que por causa do FFP o City tinha programado de contratar apenas dois jogadores nessa janela.
Mas se houver saída de jogadores do elenco Mancini poderá contratar substitutos.

 Pensando nisso resolvemos fazer uma lista de possíveis jogadores que podem deixar o elenco e daqueles que pode chegar.

Jogadores que podem deixar o City


Nigel De Jong: No começo da temporada Nigel como dizia o saudoso Quércia era imexível na equipe titular do City. Mas com a mudança tática da equipe de atuar mais ofensivamente sua deficiência técnica  principalmente na troca de passes ficou mais escancarada fazendo que o jogador perdesse sua vaga na equipe. De Jong tem mais um ano de contrato, o City já tentou renova-lo mais o jogador pede um valor que a equipe não deseja pagar.

Possíveis clube(s): Juventus

Aleks Kolarov: O Roberto Carlos dos Balcãs como é conhecido naquela região perdeu muito seu prestígio com Mancini. Contratado para suprir o lado esquerdo da equipe, Kolarov decepcionou. No ataque Aleks vai muito bem, mas defender não é sua praia, ainda mais na Premier onde os wingers apoiam o tempo todo ele foi castigado. Por isso Mancini contratou Clichy e praticamente usou o jogador na Premier e Kolarov nas competições européias.

Possíveis clube(s): Milan, Juventus.

Adam Jonhson: Esse é um enigma, tem uma boa técnica, um bom chute, é o único winger da equipe mas as vezes nem no banco fica. Mancini já  puxou a orelha do jogador em público mas o jogador não aprende. Roberto não gosta do jeito do jogador de achar que um gol apaga todos os erros da partida, o italiano sempre cobra comprometimento do jogador principalmente na defesa.

Possíveis clube(s): Liverpool

Edin Dzeko: O bósnio começou a temporada voando marcando muitos gols, depois do problema em Munique não foi mais o mesmo. O números de Dzeko na temporada não são ruins, mas o problema é que o jogador é oito ou oitenta, ou Edin tem uma partida brilhante ou ele tem uma partida horrível. Ele não consegue achar o meio termo. Há rumores que Mancini já teria dito a comissão técnica que o estilo de jogo do Dzeko não é compatível com o da equipe.

Possíveis clube(s): Juventus, Milan, Dortmund, Bayern

Carlos Tevez: O argentino tentou deixar a equipe durante todo o mês de janeiro, mas nenhuma equipe teve grana para tira-lo, então ele pediu desculpas e voltou a jogar. A saída de Tevez pode se dizer que é dada como certa, mas as coisas podem mudar. Carlos voltou a se valorizar no mercado e o City não vai abaixar o preço do jogador, então se nenhum clube aparecer com as libras o jogador não sai. Então não se surpreendam se tivermos que aturar o argentino por mais 1 ano.

Possíveis clube(s): Milan, Inter.

Possíveis reforços:

Eden Hazard: Mancini deseja um winger desde essa temporada. A intencão dele era o Alexis Sanchez mas o jogador preferiu o Barcelona então agora o bola da vez é o belga. Roberto já foi até a França assistir o jogador e gostou do que viu. O City terá que lutar com o United que também deseja contratar os servicos dele. Uma boa notícia é que final de semana passada enquanto o City destruia o Norwich, Hazard estava assistindo a partida e postando sobre o time no twitter. Se o City tentar contrata-lo esperamos que Kompany consiga convencer o compatriota.

Ander Herrera: O meiocampista do Bilbao é outro jogador que está sendo observado. Brian Marwood esteve na Espanha semana passada para analizar o jogador. Herrera é da nova geração da escola espanhola e seria uma contratação para o futuro.

Daniel Sturridge: Hoje o nome do Daniel saiu no MEN como uma possível contratação. Mancini gosta muito do jogador e criticou Mark Hughes por te-lo deixado sair do City.

Ezequiel Lavezzi: A chegada do argentino vai depender da saída do Tevez.

Edison Cavani, Radamés Falcão e Fernando Llorente: Três jogadores que também só chegam no City se um jogador sair. Tudo depende se Dzeko vai ser negociado.

Axel Witsel e Javi Garcia: Esses dois jogadores foram observados de perto por David Platt que foi a Portugal, mas o inglês não gostou do que viu, principalmente o Javi Garcia.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Três jogadores do City concorrem ao prêmio de melhor jogador da temporada


O Manchester City lidera a lista de indicados ao prêmio de melhor jogador da temporada com três jogadores: Aguero, Hart e Silva. Destaque para Aguero que também concorre como melhor jogador jovem (jogadores com menos de 23 anos).

O argentino se destacou logo em sua primeira temporada no campeonato inglês, mostrando que todo o investimento em cima dele valeu a pena marcando 28 gols. O atacante é o primeiro jogador do City a ser indicado nas duas categorias.

David Silva, Joe Hart e Aguero concorrem com Scott Parker do Tottenham, Van Persie do Arsenal e Wayne Rooney do Manchester United. Os três jogadores do City são concorrentes fortes, David Silva era o mais cotado pois fez um primeiro turno excepcional, mas caiu muito de rendimento nas últimas rodadas, o que pode prejudicá-lo. Aguero é outro que fez uma grande temporada, além de Hart que lidera os "clean sheets" com 14 partidas sem tomar gol.

Na categoria de melhor jogador jovem Aguero disputa com Bale do Tottenham, Alex Oxlade-Chamberlain do Arsenal, Sturridge do Chelsea, Kyle Walker do Tottenham, e Danny Welbeck do Manchester United. Nessa categoria Aguero é o principal favorito e deve levar o prêmio.

sábado, 14 de abril de 2012

Tevez se destaca em goleada do City contra Norwich

Quem acordou cedo no sábado para torcer pelo Manchester City sem dúvidas não se arrependeu. A goleada contra o Norwich mostra que os Blues ainda estão na briga pelo título da atual temporada da Premier League. Pelo resultado de 1 a 6, merecem destaque os argentinos Carlos Tevez, autor de 3 gols, e Kun Aguero, que marcou 2 vezes. O inglês Adam Johnson foi quem fechou o placar, aos 92 minutos.

O City começou a partida se arriscando mais. Aos 6 minutos o passe de Tevez para Silva dentro da área do Norwich mostrava que o time vinha com um bom entrosamento, conseguindo trabalhar bem em conjunto.

Aos 8 minutos Tevez levou cartão amarelo porque, segundo o árbitro Chris Foy, o argentino simulou um pênalti, após ser derrubado por Ryan Bennett.

Dez minutos depois, Tevez abriu o placar para os Blues. Kun Aguero passou para Silva, que deixou para o argentino finalizar bem no canto direito do gol de Ruddy.

Aos 27 minutos, a dupla argentina, destaque do jogo, trabalhou junto para marcar o segundo gol. Tevez fez um ótimo passe para Kun Aguero, que finalizou chutando forte no alto, não permitindo que Ruddy alcançasse a bola.

Para evitar o contra ataque, o City recuou e se mantinha na defensiva. O técnico Mancini reclamava da atitude do time e constantemente gritava que era necessário continuar atacando e não se fechar.

Na volta do intervalo, o Norwich conseguiu ganhar espaço na área dos Blues. De tanto insistir no ataque, os Canaries conseguiram diminuir com o gol de Surman, aos 51 minutos. Hart não segurou a bola e a defesa dos Citizens não conseguiu tirar.

Sem dúvidas o Norwich mudou sua postura depois do gol. O time conseguiu articular melhor o ataque, trabalhar a troca de passes e tentar mais finalizações.

Yaya Touré, que entrou no lugar de Nasri aos 62 minutos, tentou finalizar, mas Ruddey defendeu, sem segurar, e jogou a bola para frente. Tevez, que estava próximo, aproveitou o rebote para marcar o terceiro gol do City aos 73 minutos.

Em um minuto, Kun Aguero marcou o quarto gol para os Blues ao chutar de longe, sem dar oportunidade para a defesa.

Aos 76 minutos, Adam Johnson entrou no lugar de David Silva.

Aos 80 minutos Tevez correu sem conseguir ser marcado, Ruddy se adiantou e não conseguiu defender, deixando o gol desprotegido para o argentino marcar seu terceiro gol, e quinto do City. Tevez foi substituído por Micah Richards logo depois.

Nem mesmo nos 4 minutos de acréscimo, os Blues diminuíram o ritmo. Aos 90 minutos Kun Aguero quase marcou seu terceiro gol, mas carimbou bem a trave esquerda. Dois minutos depois, o inglês Adam Johnson fechou o placar ao finalizar sem problemas após receber um passe.

Obviamente, o resultado fez a torcida do Manchester City lembrar da vitória contra o United, em 23 de outubro de 2012, no Old Trafford. O placar final contra os Reds também foi de 6 a 1 para os Blues.

A vitória de hoje, no Carrow Road, levantou os ânimos dos Citizens, que vinham com dificuldades em partidas disputados fora dos muros do Etihad Stadium. O verdadeiro time de Manchester continua vivo na disputa pelo título da Premier League.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Norwich v Manchester City - Preview



                                               Barclays Premier League - 34ª rodada
                                               Local: Carrow Road
                                               Data: Sábado - 14/04/12
                                               Horário: 08:45 (brasília)
                                               Transmissão: ESPN

O City terá mais uma batalha neste sábado. O adversário é o Norwich, que faz uma boa campanha após voltar a Premier League. A missão não será fácil, mas o City necessita dos 3 pontos para continuar sonhando com o título. O United joga contra o Aston Villa, domingo no Old Trafford.

O confronto entre City e Norwich pelo primeiro turno foi fácil, vencemos por 5-1, com gols de Aguero, Nasri, Yaya Toure, Balotelli e Adam Johnson. Mas engana-se quem pensa que o confronto de amanhã terá alguma moleza, pois o clube de Norwich é o 10º colocado e ainda sonha com uma vaga na próxima Uefa Europa League, e é certeza que será um jogo muito complicado. E eles ainda venceram o Tottenham por 2-1 na última rodada no White Hart Lane. Nos últimos sete jogos perderam apenas um, para o United e nos minutos finais. A boa notícia é que David Silva voltou a jogar bem após muitas rodadas abaixo da média, o espanhol fez um ótimo segundo tempo na goleada por 4-0 sobre o WBA na última rodada. Outro destaque foi Tevez, que voltou a marcar e fez seu primeiro gol pelo City na temporada.

NOTÍCIAS:


 City:

- O Manchester City espera contar com a volta de Yaya Toure, que sofreu uma lesão no joelho na partida contra o Arsenal e desfalcou o City na última rodada.

 - Mario Balotelli cumpre o segundo jogo dos três que pegou de suspensão.

 Norwich: 

 -  O zagueiro Marc Tierney do Norwich, com uma lesão na virilha, desfalca o clube até o final da temporada. Zak Whitbread é outro desfalque.

 - Kyle Naughton estará disponível após desfalcar na última rodada.


JOGADORES RELACIONADOS:

City:
Hart, Pantilimon, Richards, Zabaleta, Kompany, Lescott, Kolo Toure, Savic, Clichy, Kolarov, Nasri, Milner, Johnson, Yaya Toure, Barry, Pizarro, De Jong, Silva, Aguero, Tevez, Dzeko.

Norwich:  Ruddy, Ward, Naughton, Drury, Crofts, Pilkington, Surman, E Bennett, Fox, Hoolahan, Holt, Jackson, Morison, Wilbrahan, Steer, Johnson, Martin, Howson, R Bennett.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

City goleia o West Bromwich e continua vivo na disputa pelo título


A quarta-feira foi o dia que todos os torcedores do City sonhavam. Vitória do City e derrota do United. Tudo deu certo! No Etihad Stadium o City goleou o West Bromwich por 4-0, um verdadeiro show. No primeiro tempo marcamos logo aos 5 minutos, com Aguero, após um belo chute de fora da área. A partida marcou a volta de Tevez ao time titular. Na primeira etapa da partida o City apenas cozinhou, Tevez e Nasri buscavam a bola, tabelavam, e o adversário não se importava em atacar. 

Já na segunda etapa o City mostrou que continua vivo no campeonato. Silva voltou a jogar bem, Nasri manteve o bom desempenho do primeiro tempo e os argentinos completavam o circo. Logo no início do segundo tempo o City já ampliou o resultado com Aguero novamente, após bela troca de passe entre Silva e Nasri, a bola sobrou pro atacante argentino que finalizou com classe.

Aos 61 veio o gol de Tevez. Nasri passou para Aguero que cruzou pra trás, a bola sobrou e Tevez colocou pra dentro. Gol muito merecido pois Carlitos era um dos melhores em campo. Tevez fez questão de saudar a torcida. E a torcida mostrou estar do lado do clube, o locutor do estádio falou o nome de Tevez e todos repetiram, mas também fizeram questão de cantar a música do Mancini. Mostrando que estão do lado dos dois. Logo após o gol o atacante saiu de campo, muito aplaudido, e Dzeko entrou em seu lugar.

O City continuava muito bem na partida, Nasri muito bem, Aguero marcando 2 gols... mas faltava o gol do craque do time, David Silva. E o gol veio aos 64 minutos, após passe de Aguero o espanhol marcou um golaço, tocando de cavadinha na saída do goleiro. 

De positivo dessa partida de hoje, além do resultado é claro, foi ver o Silva fazer um ótimo segundo tempo. O espanhol caiu muito de rendimento nas últimas rodadas e o time todo caiu junto. Outro ponto positivo é Tevez voltando a marcar, fez uma ótima partida e mostrou que é problemático sim, mas também um grande jogador. Para coroar isso tudo o United ainda perdeu pro Wigan, e a diferença hoje é de 5 pontos. Vale lembrar que ainda teremos o confronto direto, na nossa casa.

Manchester City v West Bromwich - Preview


                                             Barclays Premier League - 33ª rodada
                                             Local: Etihad Stadiun
                                             Data: Quarta-feira - 11/01/12
                                             Horário: 15:45 (Brasília)
                                             Transmissão: - 

O Manchester City recebe o West Brown tentando melhorar um pouco o seu momento no campeonato. A situação não é nem um pouco boa e a vitória é fundamental pro grupo ter um pouco mais de tranquilidade. O título hoje está muito distante do City, praticamente impossível. O United abriu 8 pontos de vantagem, temos o confronto direto em casa mas só faltam 6 rodadas para o fim do campeonato. 

A semana começou com polêmicas envolvendo o nome de Mario Balotelli. Após mais uma expulsão, Mancini perdeu toda a paciência com o jogador e já não descarta uma negociação no final da temporada. Além disso o italiano poderia ter pegado 9 jogos de suspensão pela federação inglesa por uma entrada criminosa na última partida contra o Arsenal em Alex Song, mas a federação disse publicamente que não irá punir Balotelli pela entrada em Song. Mas o italiano irá cumprir 3 jogos de suspensão pelo cartão vermelho.

Fatos da Partida: 

 - O City terá o desfalque de Mario Balotelli, que mais uma vez está suspenso. 

 - Yaya Toure machucou o joelho no último jogo contra o Arsenal e muito provavelmente não enfrentará o West Brown. 

 - David Silva que desfalcou o City na última rodada ainda é dúvida.

 - West Brown não poderá contar com Jerome Tomas, Zoltan Gera, James Morrison e Steven Reid.

Jogadores relacionados: 


City: Hart, Pantilimon, Richards, Zabaleta, Lescott, Kompany, Kolo Toure, Savic, Clichy, Kolarov, Nasri, Milner, Johnson, Barry, De Jong, Pizarro, Silva, Aguero, Dzeko e Tevez.

West Bromwich: Foster, Daniels, Jones, Olsson, McAuley, Dawson, Shorey, Mulumbu, Scharner, Andews, Dorrans, Tchoyi, Cox, Fortune, Long, Odemwingie, Hurst, Roofe, Berahino.

Assuntos

#FollowTheCaptain (1) #ManchesterCity #ManchesterUnited #Derby #City #United #RoyKeane #Ferguson (1) #SemanaDoClássico (4) #TOGETHER (3) 11ª rodada da Premier League (8) 12ª rodada da Premier League (3) 12ª rodada da Premier League 2013/2014 (2) 13ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 13ª rodada Premier League (1) 13ª rodada. (1) 14ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 14ª rodada Premier League (3) 14ª rodada Premier League 2013/2014 (2) 15ª rodada da Premier League (2) 16ª da Premier League (1) 16ª rodada da Premier League (2) 17² rodada da Primier League (1) 17ª Premier League 2013/2014; Premier League; Premier League 2013/2014; Kompany (1) 17ª rodada da Premier League (2) 18ª rodada Premier League 2013/2014 (1) 19ª rodada da Premier League (3) 19ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 1ª rodada da Premier League 2013\14 (3) 20ª rodada da Premier League (1) 20ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 21ª rodada da Premier League (3) 22ª rodada da Premier League (3) 23 (1) 23ª rodada da Premier League (4) 24ª rodada Premier League (3) 25ª rodada da Premier League (3) 26ª rodada da Premier League (4) 27ª rodada Premier League (2) 28ª rodada da Premier League (2) 2ª rodada da Premier League (2) 2ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 2º rodada Premier League (1) 30ª rodada da Premier League (1) 34ª rodada da Premier League (1) 35ª rodada da Premier League (2) 36ª rodada Premier League (3) 37ª rodada da Premier League (2) 38ª rodada da Premier League (2) 38ª rodada Premier League (1) 38ª rodada Premier League 2013/2014 (1) 3ª rodada Premier League 2013/14 (1) 4ª fase (2) 5ª rodada da Premier League (3) 5º rodada (1) 6ª rodada da Premier League (1) 7ª rodada da Premier League (4) 7ª rodada da Premier League 2013/2014 (1) 8ª rodada da Premier League (4) 9ª rodada (1) 9ª rodada Premier League (2) Abdul Razak (2) Abu Dhabi (1) Academia (19) Adam Johnson (48) Adam Sadler (1) Adebayor (38) ADUG (4) Aguero (86) Agüero (4) Aguero. (1) AJ (13) Ajax (5) Ajax. (1) Al Alin (1) Al Hilal (2) Alan Shearer (1) Alessio Cerci (1) Alex Ferguson (5) Alex Nimely (1) Alexis Sanchéz (2) Alvaro Negredo (16) Amistoso (3) Amistosos (6) Análise Tática (4) Ander Herrera (1) Anelka (1) Anfield Stadium (1) Arsenal (26) Ashley Young (1) Aston Villa (14) Atacantes (5) Aubameyang (1) Audi Cup (1) baines (1) bale (1) Balotelli (76) Barcelona (10) Barclays NY Challange (3) Barclays Premier League (2) Barnsley (2) Barry (35) Bayern (11) Belgica (1) Belhanda (1) Bellamy (16) Bellamy. (1) Bem Haim (1) Ben Mee (1) Benjani (2) Benteke (1) Besiktas (2) Birmingham (4) Birmingham. (1) Blackburn (7) Blog do City (3) Blog na Mídia (1) Blue Moon (1) Blue Moon Rising (1) Boa Vista (1) Boateng (3) Boca Juniors (1) Boca Júniors (1) Bojinov (1) Boleyn Ground (1) Bolton (3) Borussia Dortmund (5) Boyata (7) Boyota (1) Brasil (1) Brasileiros no City (1) Brian Kidd (2) Brian Marwood (1) Bridge (15) Brighton (1) Brittania Stadium (1) Caicedo (1) Camarões (1) Cameroon (1) Camisa nova (2) Campeões (3) Capital One Cup (8) Cardiff City (1) Carling Cup (29) Carlos Tevez (67) Categorias de base (10) Cavani (6) Centro de Treinamento (1) CEO (1) Champions (7) Champions League (54) Champions League 2012/13 (27) Champions League 2013/14 (2) Champions League Sergio Aguero Manchester City Alvaro Negredo Stevan Jovetic Vincent Kompany (2) Chelsea (33) Cisse (1) City (6) City Football Academy (1) City of Manchester Stadium (16) City v United (1) Cityticketx (1) Clichy (12) Community Shield (7) Complex Etihad (1) Comunicado Blog (2) Contratações (12) Contratações 12/13 (5) Contratações 13/14 (1) Contusões (5) Copa da Liga 10/11 (2) Copa da Liga 13/14 (1) Copa das Nações (2) Copa das Nações Africanas (3) Copa do Mundo 2010 (4) Copa Ueda 07/08 (1) Copa Uefa 08/09 (5) Copa Uefa 10/11 (4) Costa do Marfim (1) Costel Pantilimon (10) Crise no City (6) Crystal Palace (2) CSKA (2) Cunningham (1) Curiosidades (2) Daniel Agger (1) Danielle De Rossi (6) data FIFA. (2) David Gonzalez (1) David Luiz (3) David Moyes (1) David Platt (6) David Silva (109) david villa (2) De Jong (25) Deadlineday (1) Defensores (12) Deloitte (1) Demba Ba (1) Demichelis (2) Denis Suarez (4) Derby (32) Derby de Manchester (3) Desfalques (1) Dispensa 10/11 (3) Dispensa 12/13 (1) doping (1) Dubli Super Cup (2) Dunne (2) Dynamo Dresden (1) dzeko (38) Eden Hazard (5) Edin Dzeko (70) Edinson Cavani (2) Edison Cavani (2) EDS (20) Elano (5) Elenco (1) Eliaquim Mangala (2) Eliminatórias Copa 2014 (1) Eliminatórias Euro 2012 (4) Emirates Stadium (1) Empréstimos (3) Empréstimos 10/11 (6) Empréstimos 11/12 (3) Empréstimos 12/13 (5) English Team (3) Enquete (2) Entrevista (36) equipe do blog (1) Espanha (3) Especulação (16) Especulação 08/09 (11) Especulação 10/11 (43) Especulação 11/12 (18) Especulação 12/13 (22) Especulação 13/14 (3) ESPN (2) ESPN Brasil (3) Etihad (1) Etihad Campus (3) Etihad Stadium (70) Etuhu (1) euro 2012 (4) Euro2012 (4) Europa League (10) Everton (14) Executivos do City (15) FA (4) FA Cup (36) FA Cup 10/11 (18) FA Cup 11/12 (10) FA Cup 12/13 (12) FA Cup 2012/2013 (1) FA Cup 2013/2014 (5) FA Cup Final (4) Fabregas (1) Fábrica do City (9) Falcão (1) Fatos Bizarros (14) Ferguson (1) Fernandinho (8) Fernandinho. (1) Fernando (2) Ferran Soriano (8) FFP (2) FIFA (1) FIFA 12 (1) Financial Fair Play (3) Fiorentina (3) Foe (1) Football Association (1) Fox Sports (1) Frank de Boer (1) Fulham (8) Futebol Brasileiro (1) Gabriele Marcotti (1) Gael Clichy (12) Gai Assulin (1) Gareth Bale (4) Gareth Barry (8) Gary Cook (1) Gary Neville (1) George Evans (1) Gerrard (2) Gervinho (1) Gil Vicente (1) Giroud (1) Given (12) Goleiros (4) Gols (32) Grupo D (3) Hamann (1) Hargreaves (5) Harry Redknapp (1) Hart (50) Hazard (2) História (5) Howard Webb (2) hulk (3) Hummels (2) Ibrahim (5) Ibrahimovic (3) Iheanacho (1) Imagem (2) Inglaterra (2) Inter (5) Internacionalizar (1) Internet (1) Ireland (5) Isco (4) Jack Rodwell (6) James Milner (15) James Rodriguez (1) Janela de Transferências (4) Javi Garcia (14) Javi Martinez (1) javier pastore (1) Jerome Boateng (1) Jesus Navas (5) (6) Joan Roman (2) Joe Hart (31) Jogos Olímpicos 2008 (1) John Guidetti (14) Jose Mourinho (2) José Mourinho (6) Juan Mata (2) Karim Rekik (1) Keep Calm (1) Khaldoon Al Mubarak (4) Kia Joorabchian (1) Kolarov (44) Kolo Touré (20) Kompany (46) Kun Aguero (4) Kun Agüero (4) Lampard (1) Lavezzi (1) Lech Poznan (1) Leeds United (2) Leicester City (1) Lendas do City (20) Lescott (38) Liga do Reservas (1) Liga dos Campeões (4) Liga dos Campeões 4ª rodada (1) Liga Europa 10/11 (12) Liga Europa 11/12 (9) Ligue 1 (1) Lille (1) Linha Cronológica (1) Liverpool (21) Llorente (1) Logan (1) Londres (2) Lyon (1) Maicon (8) Maine Road (2) Maine Road FC (2) Málaga (3) Manchester (1) Manchester City (174) Manchester City Arsenal Etihad Stadium Premier League 13/14 Ingressos (1) Manchester City Arsenal Premier League 2013-14 Fixtures Manchester United (1) Manchester City Benfica Alvaro Negredo Stevan Jovetic Fiorentina Sevilla Eduardo Salvio (1) Manchester City Capital One Champions League Premier League Chelsea CSKA Newcastle (1) Manchester City Dortmund Mario Götze Isco Edin Dzeko (1) Manchester City Etihad Airways Bussiness negócios (1) Manchester City Etihad Campus Etihad Stadium Sheikh Mansour Premier League (1) Manchester City Etihad Stadium Premier League (2) Manchester City Fernandinho Premier League Champions League Manchester United Derby Shakhtar Entrevista (1) Manchester City Fernandinho Shakhtar Premier League Season 2013/14 Contratações Manuel Pellegrini (3) Manchester City Ferran Soriano Malaga Manuel Pellegrini New York City (1) Manchester City Hong Kong Champions League Camisa Away (1) Manchester City Ladies (1) Manchester City LG Etihad Stadium Etihad Campus (1) Manchester City Maicon Roma Serie A Premier League (1) Manchester City New York Yankees New York City Major League Soccer MLS NYCFC (1) Manchester City Portugues Site Ferran Soriano (1) Manchester City Racing Club Bruno Zuculini Argentina (1) Manchester City Real Madrid Isco Pellegrini (1) Manchester City Sevilla Jesus Navas Manuel Pellegrini Ferran Soriano Temporada 2013/14 Premier League (1) Manchester City Sheikh Mansour Etihad Campus Etihad Stadium Fernandinho Jesus Navas New York City Transferências (1) Manchester City Tour Nelson Mandela África do Sul (1) Manchester City Transferências Premier League Deadline Day Jovetic Barry Everton Fernandinho Negredo Navas (1) Manchester United (56) Mancini (27) Manoel Pellegrini (1) Manuel Pellegrini (15) Manuel Pellegrini Manchester City Roberto Mancini David Silva (1) Marc Vivien Foe (1) Marco (1) Marcos Lopes (2) Mario Balotelli (42) Mário Balotelli (10) Mário Balotelli. (2) Mario Gotze (1) Mark Hughes (23) Marketing e Propaganda (4) Mata (1) Matija Nastasic (12) MCFC (2) McGivern (2) Meias (12) Melbourne Heart (1) Melhor do Mundo (1) melhor jogador do mês (1) Mercado (2) Messi (1) Micah Richards (36) Michael Johnson (8) Michu (1) Milan (8) Milner (29) Mohammad Abu (1) MotM (32) MotM 10/11 (20) MotM 11/12 (4) Mourinho (1) Napoli (9) Nasri (27) Nastasic (3) Natalie Pike (1) Negredo (1) Negredo. (1) Neil Warnock (1) Neil Young (1) Newcastle (6) NextGen (1) Neymar (1) Nielsen (2) Nigel De Jong (11) Nike (2) Nir Biton (1) Noel Gallagher (3) Norwich (6) Norwich City (3) Notas (2) Nova Era (1) Numeração Plantel 10/11 (1) Oasis (11) Oitavas de final da Carling Cup (1) Old Trafford (1) Onuoha (5) Opinião (37) Oscar (2) Ozil (1) Pablo Zabaleta (9) Pablo Zabaletta (6) Parceria (1) Pellegrini (4) Peter Crouch (1) Petrov (4) Pizarro (6) Platt Lane (3) Polêmicas (7) Pontos Perdidos (1) Porto (9) Pós-jogo (5) Pré-Temporada 08/09 (6) Pré-Temporada 09/10 (4) Pré-Temporada 10/11 (15) Pré-Temporada 11/12 (4) Pré-temporada 12/13 (12) pré-temporada 13/14 (2) Pre-temporada Pre-Season Manchester City Manuel Pellegrini Jesus Navas David Silva Fernandinho Premier League 13/14 (1) Premier (1) Premier Academy League (1) Premier League (160) Premier League 07/08 (6) Premier League 08/09 (3) Premier League 09/10 (8) Premier League 10/11 (46) Premier League 10ª rodada (3) Premier League 11/12 (76) Premier League 12/13 (25) Premier League 13/14 (3) Premier League 14/15 (1) Premier League 1ª rodada (1) Premier League 2012/2013 (12) Premier League 2013/2014 (19) Premier League 2014-15 (1) Premier League 29ª rodada (2) Premier League 31ª rodada (2) Premier League 33ª rodada (1) Premier League 34ª rodada (1) Premier League 6ª rodada (3) Premier League Premier League 13/14 Manchester City Manchester United Everton Tottenham Newcastle (1) Premier League sub-21 (1) Premier League. (3) Preview (41) Projeto do Sheik (54) Promoção Blog Man City (4) PSG (4) QPR (7) Radames Falcão (1) Rafa Benitez (4) Ratings (1) Rayo Vallecano (1) Reading (1) Real Madrid (13) Recordar é viver (1) Renovação de contrato (4) Responsabilidade Social (1) Retrospectiva 2011/12 (11) Retrospectiva da temporada (11) Richards (10) Rio Ferdinand (1) Roberto Mancini (194) Roberto Mancini Manchester City Gazzetta Dello Sport (1) Roberto Mancini Manchester City MEN Gazzetta Dello Sport (1) Robinho (27) Roma (1) Roman Abramovich (1) Roque Santa Cruz (1) Rumores (4) Rumours (2) Saint Etienne (1) Samir Nasri (33) Santa Cruz (14) Santiago Bernabéu (1) Savic (12) Scapuzzi (2) Scott Sinclair (10) Seleção Argentina (1) Seleção Brasileira (1) Seleções (4) Sergio Aguero (62) Shakhtar Donetsk (1) Shaun Goater (1) sheikh mansour (15) Silva (17) Sky Sports (1) Sneijder (2) Soccer City in the Community (1) Southampton (6) Sporting Lisboa (3) St Mary's Stadium (2) St. Mary's Stadium (1) Stadium of Light (2) Stamford Bridge (3) Stevan Jovetic (9) Stoke City (13) Stuart Taylor (2) Sturridge (2) Suarez (2) Sub-18 (1) summer transfers (2) Sunderland (11) Super Sunday (1) Swansea (13) SWP (8) Sylvinho (3) Taison (1) tecnologia móvel (1) Temporada 2012/2013 (3) Temporada 2013/2014 (2) Tevez (132) The Hawthoms (1) Thiago Silva (3) Thomas Muller (1) Tottenham (18) Toure (7) Toure's (3) Transferência (1) Transferência 08/09 (5) Transferência 10/11 (17) Transferências (23) Transferências 11/12 (11) Transferências 12/13 (14) Txiki Begiristain (3) Txiki Berigistain (1) UCL (5) UCL 1ª rodada (1) UEFA (7) UEFA 12/13 (2) UEFA 13/14 (4) UEFA Chamipons League (1) UEFA Champions League (27) UEFA Europa League (1) UEL (1) Umbro (2) Uniforme (1) Uniforme 2010/2011 (3) Uniforme 2011/2012 (2) Uniforme Novo (1) United (9) Valência (1) Van Persie (5) Viagogo (1) Vidal (1) Vídeo 11/12 (1) Vídeos (3) Vieira (21) Viktoria Plzen (5) Villarreal (4) Villas Boas (1) Vincent Kompany (35) Vydra (1) Wabara (1) Walcott (1) Watford (2) Wayne Bridge (1) Wayne Rooney (4) WBA (2) Weidman (1) Weiss (5) Wembley (5) Wenger (1) West Bromwich (7) West Ham (13) Wigan (11) wilshere (2) Wolves (3) Wright-Phillips (15) Wright-Phillips e Santa Cruz (1) Yaya (11) Yaya Toure (120) York (1) Zabaleta (38) Zacharias Faour (1) Zola (1)